As origens de israel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1118 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
AS ORIGENS DE ISRAEL

A TEORIA DA CONQUISTA

A terra de Canaa é invadida por Israel e esta invasao dura 25 anos,destruindo seus habitantes numa campanha dirigida em tres fases ao centro,sul e norte.
Varias cidades foram destruidas por Josue e seu habitantes foram todos mortos,houve logo após uma ocupaçao homogenea das cidades destruidas provando o assentamento depopulaçaoes seminomades que no caso seria Israsel.

A TEORIA DA INSTALAÇAO PACIFICA

Modelo defendido por varios pesquisadores,que Israel foi ocupando os lugares desocupados entre as cidades cananeias,sem nenhum conflito,eles so ocorriam quando haviam invasao de alguma cidade-estado.Esta teoria é confirmada por dados arqueologicos ,apoiam-se tambem natradiçao dos patriarcas que viviam mais ou menos pacificamente.

A TEORIA DA REVOLTA

Esta teoria foi defendida primeiro por George Mendenhall que começa dizendo em seu artigo,sobre a dificil reconstruçao do processo historico sobre a qual as doze tribos do antigo Israel se estabeleceram na palestina.De fato as narrativas biblicas mostram apoderosa açao de Deus,mas não mostram os conflitos sociais e economicos que eles passaram.Nao houve então uma real conquista da Palestina do ponto de vista socio-politico,o que houve foi uma revolta camponesa contra as cidades cananeias que eram expessas mas mal estruturadas entre si.Estes camponeses revoltados com o dominio dessas cidades se organizaram em um movimento religioso tornando-secapazes de lutar e vencer as cidades da palestina.Esta motivaçao religiosa é a fé em IAHWEH o Deus de seus pais ,que funciona como um poderoso mecanismo de coesão social,muito acima de fatores sociais e politicos,por isso a tradição da aliança e muito importante na tradição biblica,pois esta é o simbolo formal,atraves da qual a solidariedade era tornada funcional.Alguns anos mais tarde Norman K.Gottwald publicou um livro polemico sobre o assunto,cujo o titulo é As Tribus de Iahweh:Uma sociologia da religiao de Israel liberto.No qual retoma a tese de Mendenhall,avançando poe quase mil paginas a qual reforça a tese de uma revolta camponesa e retribalização que explicariam a origem do povo de Israel.Em seu livro ele conta que quando os israelitas chegam a terra de Canaa a situaçao era de guerrageneralizada,pessoas marginalizadas o governo egpsio enfraquecido e a centralização do poder nas cidades cananeias.Unidos pela esperança javista os recem chegados juntam-se aos revoltosos,formando com eles uma mesma identidade social,constituem um governo tribal,uma aliança tribal e ocupam as regiões montanhosas,onde os cananeus senhores das cidades tinham perdido o controle.Realmente o livro deGottwalld fez surgir varias polemicas ,mas ficou sendo visto como um caminho mais interessante da origem do povo de Israel.

A TEORIA DA EVOLUÇÃO PACÍFICA E GRADUAL

Depois de Mendenhall e Gotwald ter elaborado sua teoria muitos outros tambem foram pelo mesmo caminho como lembra R. K. Gnuse,depois de varias descobertas arqueologicas muitos tiveram coragem paraelaborar novos caminhos para explicar as origens do povo de Israel.Escavaçoes feitas em varias localidades tais como Ai,Khisbert Raddama,Shiloh,Tel Quiri entre outras,deixaram os arqueologos impressionados com a continuidade de convivencia entre os cananeus das planices e os israelitas das colinas,tal convivencia é provada nas ceramicas encontradas,nas tecnicas agricolas e nas ferramentasencontradas.Um concenso entre os arqueologos é que não da pra notar a diferença entre o povo cananeu e povo israelita pois eles pareciam um so povo,essa diferença so é percebida mais tarde,por isso o processo de formaçao pacifico e gradual,a partir da transformaçao de parte da sociedade cananeia,a teoria sugere de que alguma maneira os canaeus se tornaram israelitas ,acompanhando trasformações sociais...
tracking img