As ideias de pestalozzi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1186 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
AS IDEIAS DE PESTALOZZI NO BRASIL

O menino aprende, conhece, nomeia, quer saber mais coisas ainda, quer conhecer outras palavras, assim incita a sua mãe a aprender com ele. Ela aprende com ele e ambos crescem cada dia em luzes, forças e amor. Ensaia com ele elementos fundamentais da arte, as linhas curvas. Seu filho não tarda a sobrepujá-la, a alegria de ambos é a mesma; novas faculdades sedesenvolvem em seu espírito: o menino desenha, mede, calcula. Sua mãe lhe mostra Deus no espetáculo do mundo; lhe mostra Deus em seu desenho, em suas medidas, em seu cálculo, lhe mostra Deus em cada uma de suas faculdades. Vê a Deus em seupróprio aperfeiçoamento, a lei da perfeição é a lei de sua conduta, a reconhece no primeiro desenho perfeito que traçou, em uma linha reta, em uma linha curva.Sim, amigo, a primeira vez que ele pronunciou perfeitamente uma palavra, principiou a germinar em seu peito a lei: “Sede perfeitos como é perfeito o vosso Pai que esta nos céus” E como o meu método repousa constantemente na aspiração da perfeição em cada detalhe, continue vigorosamente e de maneira vasta a imprimir profundamente desde o berço, no coração, o espírito dessa lei (Pestalozzi, 1929).Pestalozzi passou toda sua vida no meio de crianças pobres e deserdadas que pretendia arrancar de sua infelicidade. Os livrosque nos deixou são sempre inspirados em sua longa experiência.
Sempre amou as crianças; a felicidade delas era a felicidade dele.
Acreditava na inocência e na bondade da natureza humana.
Apesar de seus empreendimentos mal aventurados em educação, tornou-se célebre por suasideias pedagógicas e seu entusiasmo. Fundou seus métodos no conhecimento da criança, adaptando-os ao seu nível de desenvolvimento. Afirmava que para podermos exercer uma ação efetiva sobre os educandos é necessário, antes, descobrir as leis do mundo físico e psíquico que o regem. Reagiu contra o intelectualismo da pedagogia tradicional, acreditando no valor educativo do trabalho manual e na destrezaprática, por isso foi à ação, dedicando-se inteiramente à obra empreendida, acreditando eficazmente em seu método a tal ponto que tinha certeza que bastava aplicá-lo para que surtisse os efeitos desejados.
Buscou descobrir um método de ensino tão fácil, que poderia ser aplicado por qualquer um, até pela menos instruída das mães. Afirma:
Eu creio que não se possa pretender obter, em geral, umprogresso na instrução do povo, até que não se tenha encontrado formas deensino que, ao menos durante todo o período da instrução elementar, façam do professor um mero instrumento mecânico de um método, cujos resultados devem provir da natureza de seus processos e não da habilidade de quem o pratica. Eu sustento que um livro didático é um bom livro somente quando pode ser usado tanto por um mestresem instrução quanto por um instruído. O livro deve ser essencialmente composto de tal modo que tanto o homem inculto quanto a mãe encontrem nele um guia para poder estar sempre um passo adiante da criança no caminho pelo qual devem, com sua arte, conduzi-lo progressivamente (Pestalozzi, 1929, p. 41).
Essa proposta pedagógica pode ser encontrada, em profundidade e em detalhes, em todas as suasobras, mas especialmente nas cartas por ele escritas sobre a educação, que constituem o livro Como Gertrudes instrui seus filhos. Todavia, quando procuramos saber qual a influência que esse pedagogo exerceu na educação escolar brasileira notamos que a prática está muito longe da teoria. uma análise do pensamento de Pestalozzi e Frobel, de AlessandraArce, assim escreve:
Pestalozzi e Fröbel. Doisclássicos do pensamento pedagógico. Duas grandes referências da história da educação. Dois nomes amplamente conhecidos de todos os educadores e, ao mesmo tempo, dois grandes desconhecidos. Com efeito, seus nomes aparecem em quase todos os manuais de história da educação, de psicologia da educação, de pedagogia e de didática. No entanto, isso ocorre, como dizem os franceses, entre passant , em...
tracking img