As formas elementares da vida religiosa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1348 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As Formas Elementares Da Vida Religiosa
O terceiro grande livro de Durkheim, as formas elementares da vida religiosa, é considerado um dos mais importantes , senão o mais original.
Com base na análise das instituições religiosas mais primitivas e simples, Durkheim elabora uma teoria geral da religião, é possível fundamentar essa teoria no estudo de formas religiosas primitivas como ototemismo, que revela a essência da religião. Todas as conclusões extraídas por Durkheim do estudo do totemismo pressupõem que se possa apreender a essência de um fenômeno social observando suas formas mais elementares.
Há uma outra razão pela qual o estudo do totemismo tem significação decisiva no sistema de Durkheim. Segundo este, a ciência detém hoje, nas sociedades, a autoridade intelectual emoral suprema. Mas a sociedade que determina e favorece o desenvolvimento do individualismo e do racionalismo tem necessidade, como toda sociedade, de crenças comuns. Ora, ao que parece, esta crença não pode ser proporcionada pela religião tradicional, que não responde às exigências do espírito científico.
A ciência da religião revela a possibilidade de reconstituir as crenças necessárias aoconsenso, não porque seja suficiente para fazer surgir a fé coletiva, mas porque deixa a esperança de que a sociedade do futuro ainda seja capaz de fabricar deuses, uma vez que todos os deuses do passado não foram senão a transfiguração da própria sociedade.
As formas elementares da vida religiosa é um livro que pode ser estudado sob três pontos de vista, porque reúne três modalidades de estudo:comporta uma descrição e uma análise detalhada do sistema de clãs e do totemismo de certas tribos australianas, com alusões a tribos da América; contém uma teoria da essência da religião, baseada no estudo da totemismo australiano; por fim, esboça uma interpretação sociológica das formas do pensamento humano, isto é, uma introdução à sociologia do conhecimento.
Para Durkheim, a essência da religiãoé a divisão do mundo em fenômenos sagrados e profanos. O sagrado se compõe de um conjunto de coisas, de crenças e de ritos; quando as coisas sagradas mantêm umas com as outras relações de coordenação e subordinação, de modo a formar um sistema com certa unidade, que não cabe em nenhum outro sistema do mesmo gênero, o conjunto das crenças e dos ritos correspondentes constitui uma religião.
Areligião pressupõe portanto o sagrado, em seguida a organização das crenças relativas ao sagrado e por fim, ritos ou práticas derivados das crenças, de modo mais ou menos lógico.
Numa segunda etapa de sua investigação, Durkheim afasta as interpretações anteriores à sua. Estas interpretações são, na primeira parte do livro, o animismo e o naturismo, que representam as principais concepçõesexistentes da religião elementar. Segundo o animismo, a crença religiosa é a fé em espírito, transfiguração da experiência que os homens têm da sua dupla natureza, de corpo e alma. Para o naturismo, os homens adorariam as forças naturais transfiguradas.
O objetivo da teoria da religião de Durkheim é fundamentar a realidade do objeto da fé, sem admitir o conteúdo intelectual das religiões tradicionais,condenadas pelo desenvolvimento do racionalismo científico; este permite salvar o que parece destruir, demonstrando que os homens nunca adoraram senão sua própria sociedade.
De modo geral, depois de afirmar que a essência da religião é o sagrado, Durkheim não encontra muita dificuldade para marcar as deficiências da interpretação animista. Com efeito, esta pode, a rigor, explicar a criação deum mundo dos espíritos; mas o mundo dos espíritos não é o mundo do sagrado. O essencial, isto é, o sagrado, continua sem explicação. Nem as forças naturais nem os espíritos ou as almas que flutuam à volta dos homens são sagrados por si mesmos. Só a sociedade é uma realidade sagrada por si mesma. Ela pertence à ordem da natureza, mas a ultrapassa. Ë ao mesmo tempo causa do fenômeno religioso e...
tracking img