As formas de tratamento nos teatros brasileiro e português dos séculos xix e xx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 244 (60844 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal do Rio de Janeiro

AS FORMAS DE TRATAMENTO NOS TEATROS BRASILEIRO E PORTUGUÊS DOS SÉCULOS XIX E XX

Ana Carolina Morito Machado

2011

AS FORMAS DE TRATAMENTO NOS TEATROS BRASILEIRO E PORTUGUÊS DOS SÉCULOS XIX E XX

Ana Carolina Morito Machado

Tese de Doutorado submetida ao Programa de Pós-Graduação em Letras Vernáculas da Universidade Federal do Rio de Janeiro– UFRJ, como parte dos requisitos necessários para a obtenção do título de Doutor em Letras Vernáculas (Língua Portuguesa). Orientadora: Profa. Doutora Célia Regina dos Santos Lopes

Rio de Janeiro Junho de 2011

Machado, Ana Carolina Morito Machado As formas de tratamento nos teatros brasileiro e português dos séculos XIX e XX / Ana Carolina Morito Machado. Rio de Janeiro: UFRJ/ CLA/ FL, 2011.xx, 217 f.: il ; 31 cm. Orientador: Célia Regina dos Santos Lopes Tese (doutorado) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Faculdade de Letras, Programa de Pós-Graduação em Letras Vernáculas, 2011. 1. Língua Portuguesa. – Tese. I. Lopes, Célia Regina dos Santos (Orient.). II. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Faculdade de Letras, Programa de Pós-Graduação em Letras Vernáculas. III.Título. As formas de tratamento nos teatros brasileiro e português dos séculos XIX e XX Ana Carolina Morito Machado Orientadora: Professora Doutora Célia Regina dos Santos Lopes Tese de Doutorado submetida ao Programa de Pós-Graduação em Letras Vernáculas da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, como parte dos requisitos necessários para a obtenção do título de Doutor em Letras Vernáculas(Língua Portuguesa).

Examinada por: _________________________________________________ Presidente, Professora Doutora Célia Regina dos Santos Lopes _________________________________________________ Professora Doutora Izete Lehmkuhl Coelho - UFSC _________________________________________________ Professora Doutora Marcia Cristina de Brito Rumeu – UFMG_________________________________________________ Professora Doutora Vera Lúcia Paredes Pereira da Silva – UFRJ _________________________________________________ Professora Doutora Maria Eugênia Lamoglia Duarte - UFRJ _________________________________________________ Professora Doutora Sanderléia Roberta Longhin-Thomazi– UNESP, Suplente _________________________________________________ Professora Doutora Sílvia Regina de Oliveira Cavalcante-UFRJ, Suplente

Rio de Janeiro, 28 de julho de 2011.

MACHADO, Ana Carolina Morito. As formas de tratamento nos teatros brasileiro e português dos séculos XIX e XX. Tese de Doutorado em Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Faculdade de Letras/ UFRJ. 2011. RESUMO Este trabalho tem como objetivo analisar o comportamento das formas de tratamento ao interlocutor, que, nesta pesquisa, são consideradasTradições Discursivas, no Português brasileiro e europeu dos séculos XIX e XX. Para tanto, investiga-se a distribuição dessas estratégias, à luz da Sociolinguística Variacionista, em vinte e nove peças teatrais escritas ao longo desse período. Para auxiliar na compreensão de questões relativas às relações sociais e a motivações pragmáticas, foram levados em consideração aspectos dos modelosteóricos do Poder e Solidariedade (Brown & Gilman,1960) e da Elaboração da face (Goffman, 1980). Os resultados apontam para uma similaridade entre os sistemas de formas de referência ao interlocutor do PB e do PE no primeiro período de análise comparativa (terceiro quarto do século XIX), e para um progressivo distanciamento entre as duas variedades, a partir dos últimos anos do século XIX. Além da maiordiversidade de estratégias encontradas no sistema europeu em todos os períodos sob estudo, a diferenciação entre as duas variedades no domínio do tratamento deve-se, também, ao aumento da frequência de uso de você na amostra brasileira. A elevação desses índices transforma essa estratégia na principal forma de tratamento na variedade do Rio de Janeiro por volta da década de 1930 e se...
tracking img