As dez bobagens

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4638 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
As Dez Bobagens mais Comuns que as Pessoas Inteligentes Cometem e Técnicas Eficazes para Evitá-las
(Dr.Arthur Freeman e Rose Dewolf)

INTRODUÇÃO
Nem tudo na vida está sob o seu controle, mas você pode controlar sua maneira de pensar, e isso faz muita diferença. Estamos falando de maus hábitos mentais muito específicos, que nos criam problemas, ou pioram os que já temos, ou dificultam a tarefade encontrar soluções, e nos induzem a erros de interpretação das experiências ou a erros de julgamento dos outros e de nós mesmos. É exatamente quando a gente não pensa direito que cria e aumenta sentimentos de ansiedade, tristeza, culpa, raiva e estresse. Aprender sobre essas bobagens comuns de pensamentos fará você descobrir ser capaz de reduzir a ansiedade, aliviar a tristeza e diminuir oestresse. A ênfase está no papel do “jeito certo de pensar” para o alivio do sofrimento emocional e você vai descobrir que possui dentro de si, agora mesmo, a capacidade de melhorar a sua própria vida, se estiver disposto a assumir a responsabilidade por si próprio. Você vai descobrir o quanto mudar o seu jeito de pensar pode ajudá-lo a apropriar-se das suas emoções, em vez de se deixar governar porelas.
Não importa se aquilo que você tem diante de si é algo que afeta o seu trabalho, suas relações pessoais, sua sensação de segurança, seu amor-próprio ou sua aparecia: é o que você pensa acerca daquela situação que determina, em grande parte, se você vai sentir algo a respeito e o que você fará. São seus pensamentos imediatos que determinam como você se sente, e os seus sentimentos, por suavez, vão moldar o seu comportamento.
Para evitar cometer erros mentais comuns as pessoas inteligentes, precisamos de um kit de ferramentas que nos ajudem a conter a inundação emocional e retornar o senso comum. O aprendizado dessas técnicas pode ajudar a evitar ou, no mínimo, lidar melhor com equívocos que podem ter conseqüências profundas para sua vida.
O PAP – Programa de Alta Performance vaiajudá-lo a tomar consciência dos seus próprios padrões de pensamento, a diagnosticar seus próprios erros comuns (se e quando ocorrerem) e a fazer alguma coisa a respeito. Ao modificarmos nossos padrões mentais, mudamos o jeito como nos sentimos com relação a nós mesmos, aos outros e ao mundo, o que por sua vez nos permite lidar com nossos problemas e dificuldades de maneira mais produtiva e tomaras medidas necessárias para melhorar nossas condições de vida. Tendo aprendido a lidar com esses erros mais comuns de pensamentos, você vai constatar que o que costumava dar errado vai passar a funcionar bem.
As dez bobagens mais comuns (erros mentais):

1.Catastrofismo – há pessoas que chegam a todo tipo de conclusão catastrófica sem pensar duas vezes – o que pode ser paralisante.
Objetivo ébotar em dúvida aquela terrível conclusão inicial, repensar a premissa derrotista, reconsiderar que não tem saída. É persistir à tentação de tomar direto o atalho mental que nos leva de uma única idéia negativa à conclusão de que o desastre é iminente e inescapável – quando não dispomos de qualquer indício de que esse seja de fato o caso. A palavra chave aqui é “talvez”.
Técnica: questione,examine suas idéias, tome consciências dos pensamentos automáticos, o que me leva a pensar assim, faça um teste de realidade, questione as evidências – como posso ter certeza?, considere como uma hipótese em vez de uma verdade).

2.Telepatia (ilusão de mão dupla) – uma das nossas ilusões acalentadas é a de que sabemos o que se passa na cabeça alheia – e que os outros deveriam também saber o que sepassa na nossa. “Não preciso nem dizer, ele sabe” é uma crença recorrente e causa freqüentemente decepções, quando percebemos que o outro não só não sabe como nem sequer imagina que a gente acha que ele deveria saber. Quanto mais intima a relação maior é a ilusão. É aqui que a ilusão de que é possível ler os pensamentos alheios acarreta os maiores estragos, porque, afinal, é verdade que às vezes,...
tracking img