As contribuições do lúdico no processo de socialização de crianças na educação infantil de 3 a 5 anos no municipio de caucaia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 49 (12198 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
10 1 INTRODUÇÃO Anteriormente ao século XVII onde não se tinha uma concretização do conceito de infância, a criança era ignorada pelos adultos, não havendo nenhuma atenção ou cuidado com ela. Um novo pensamento sobre infância passa a ver a criança como um ser frágil e inocente, mas capaz de desenvolver-se. As brincadeiras, brinquedos e jogos infantis representam um fator de grande importância nodesenvolvimento e socialização das crianças, permitindo-lhes criar, imaginar, representar a realidade e as experiências por ela adquiridas. Em tempos em que se ouve muito falar sobre violências, estupros, sequestros, filhos que matam os pais, ataques terroristas é um desafio a todas as nações transformar essas relações sociais em relações de respeito e solidariedade. E a escola tem um papelfundamental junto a socialização das crianças, e precisa de meios para preparar para que esse processo de ensino-aprendizagem consiga ser feito da melhor maneira, buscando a construção de pessoas integrais , que possam viver a cultura, a ética, fatores essenciais para um bom convívio social. A atividade lúdica desenvolvida na educação infantil é uma ferramenta bastante proveitosa, quando bemtrabalhada, para alcançar a socialização das crianças. É na educação infantil que a criança está vivenciando a formação de sua personalidade convivendo com outros que não fazem parte da sua família e assim ampliando suas relações sociais. O que fez despertar essa temática na autora foi observar o cotidiano das crianças na escola e perceber que através das brincadeiras elas desenvolviam seu processo deinteração com outras crianças, envolvendo trocas, partilha, permissões e acordos. Adquirindo novas relações sociais convivendo com outros. Enquanto brincam, se divertem, aprendem e descobrem o mundo. Através deste estudo propõe-se refletir sobre a importância do lúdico no processo de socialização e observar como a brincadeira desenvolve habilidades. Desse modo, este trabalho foi organizado em umprimeiro capítulo que será abordado os conceitos e o histórico da infância, também suas características. No

11 segundo capítulo, que fala acerca da história do lúdico, bem como os conceitos e as possibilidades de atuação desse assunto tão importante no meio educacional. O terceiro capítulo é o referencial teórico sobre as relações entre a escola, a ludicidade e a socialização, alongando-se naetapa de educação infantil. O capítulo abordará as relações entre a socialização, a escola e a família. O quarto capítulo traz a compreensão, conceitos e leis que norteiam a educação infantil. O quinto capítulo refere-se ao tema contribuições do lúdico no processo de socialização de crianças na educação infantil. O lúdico é uma ferramenta importantíssima à ser utilizada pelos educadores, desde queestes saibam oferecer à criança momentos prazerosos de brincar e aprender. Deseja-se que esta pesquisa possa causar nos profissionais da educação interesse pelo tema e que as ideias nesta contidas possam servir para aqueles que vivenciam esta prática no dia-a-dia. 1.1 Objetivo geral Compreender as possíveis contribuições que o lúdico proporciona no processo de socialização de crianças de três acinco anos que frequentam a educação infantil.

1.2 Objetivos específicos:    Analisar a visão dos professores a respeito do lúdico como ferramenta para a socialização das crianças. Verificar se as escolas consideram o lúdico como um recurso metodológico para o ensino das crianças de educação infantil. Identificar se as atividades lúdicas propostas para as crianças contribuem para asocialização.

12 2 INFÂNCIA 2.1 História da Infância A questão de que todos os indivíduos nascem bebês e serão crianças até um determinado período, independente da condição vivida, é indiscutível, porém, tal objetivo nem sempre foi percebido dessa maneira e por diversos períodos se questionou qual era o tempo da infância e quem era a criança. A ideia que se tem da infância foi sendo construída...
tracking img