As batalhas do castelo e dom quixote

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1088 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Geralmente livros indicados pelos professores não são muito interessantes, como Dom Casmurro, por exemplo, que eu só agüentei ler até a metade! Mas nesse ano, sinceramente, gostei muito dos livros indicados, principalmente este sobre o qual vou falar primeiro: As Batalhas do Castelo, de Domingos Pellegrini.

As Batalhas do Castelo: dramático, lirico, soneto

Este livro mistura drama ecomédia, dois gêneros opostos, mas que justamente por estarem juntos, havendo um engraçado eufemismo das desgraças, tornam o livro maravilhoso. Trata-se da história de um ducado, em que o duque é um ex-bobo (que é “ex” mas não deixa de ser engraçado) que herdou um castelo praticamente abandonado, o Castelo do Canto. O rei, já morrendo, atestou que o seu bobo seria duque com tudo o que tivesse direito,mas seus filhos, ao executarem o testamento, deram ao duque súditos velhos, aleijados e crianças, animais doentes e várias provisões, mas todas defeituosas. Tudo estava indicando que o fim do ducado mal começado era questão de pouco tempo, mas o bobo-duque, que de bobo (tolo) não tinha nada, provou que tal pensamento comum se enganara. Cada súdito se julgava inútil, mas o bobo-duque, apelidado deBobuque, mostrou que todos podiam ajudar. Ele, os músicos surdos e o poeta, um ex-presidiário, animavam o grupo, e o ducado prosperou.
Porém, mesmo sendo com muito suor que conquistaram o progresso, a ganância e inveja de pessoas do povoado e do reino despertou. Vieram cobrar impostos de 1/3 de tudo o que tinham, sendo que o certo era 10%, mas um amigo de Bobuque os ajudou a resolver esteproblema (era um soldado que se casara com uma das moças do ducado). Depois veio um padre, padre Arcanjo, que era “fresco” (o que se observa, por exemplo, quando lhe preparam um muito requintado banho) e rígido (chegando a amarrar os que não obedeciam suas absurdas exigências). Mas quando todos, por fim, não suportam mais todas as suas rezas e param, ele vai embora derrotado, mas afirmando que voltarápara lá, o “ Reino de Satã”.
Uma única é a batalha física, contra um dos príncipes que queria conquistar todo o reino, que era então de seu irmão mais velho. Porém o reino pelo qual ele lutava, começando pelo Castelo do Canto, estava em ruínas por conta da peste causada por ratos, e então, no fim do livro, a luta é encerrada, sem mal ter começado.
As batalhas do Castelo do Canto, do sábioBobuque e de seus determinados súditos mostram que paciência, trabalho e união são a receita sem erro para o sucesso, é só acreditar. Mesmo em situações muito difíceis, o duque consegue ser alegre e muito positivo; não chega a ser um gênio, usando de táticas econômicas para majorar seu ducado: ele simplesmente acredita, e assim faz tudo acontecer. Como disse o inspirador poeta, "Cada dia é uma batalha,mas o sol ainda é grátis para todos!”!








Dom Quixote, de Miguel de Cervantes y Saavedra, foi um livro que achei menos interessante do que As batalhas do Castelo. Não gostei muito do fato do “cavaleiro” Dom Quixote ser louco, e não fazer o bem de verdade (não que fosse mal), mas pelo menos, no fim ele recuperou a sanidade. Infelizmente só no fim – do livro e de sua vida.

DomQuixote:

O livro conta a história de um homem fidalgo não muito rico, um exímio leitor de aventuras: Alonso Quixano. Era um homem já de meia idade que morava numa casa não muito requintada, e como disse não era bem rico, apesar de nobre. Isso talvez seja um pouco devido ao fato de Alonso ser obsessivo por livros de aventuras de cavaleiro, obsessão esta que influiu muito em sua vida – de tanto lerhistórias de cavaleiros do bem matando vilões e honrando suas damas, ele também ansiou uma vida assim, queria ser cavaleiro.
Eis que então pegou uma armadura de seu avô (pelo que me recordo) e um cavalo magro, que batizou de Rocinante. Alonso batizou também a si próprio pois, como dizia, um cavaleiro precisava de um nome de honra, então passou a se chamar Dom Quixote de la Mancha, e ainda...
tracking img