As aulas de história, geografia e arte no ensino fundamental i: espaço para a construção de diálogos interculturais e compreensão do contexto escolar

Páginas: 16 (3855 palavras) Publicado: 21 de março de 2011
Nome da faculdade

Nome do aluno

AS AULAS DE HISTÓRIA, GEOGRAFIA E ARTE NO ENSINO FUNDAMENTAL I: ESPAÇO PARA A CONSTRUÇÃO DE DIÁLOGOS INTERCULTURAIS E
COMPREENSÃO DO CONTEXTO ESCOLAR

Metodologia do Ensino de História
Metodologia do Ensino de Geografia
Metodologia do Ensino de ArtesPesquisa e Prática Profissional- A Aula
Pesquisa e Prática Profissional-Contexto Escolar

Cidade do curso
2010
Nome da faculdade

Nome do aluno

AS AULAS DE HISTÓRIA, GEOGRAFIA E ARTE NO ENSINO FUNDAMENTAL I: ESPAÇO PARA A CONSTRUÇÃO DE DIÁLOGOS INTERCULTURAIS E
COMPREENSÃO DO CONTEXTO ESCOLAR

Cidade do Curso
2010
SUMÁRIO1. INTRODUÇÃO 4

2. AS AULAS DE HISTÓRIA, GEOGRAFIA E ARTE NO ENSINO FUNDAMENTAL I: ESPAÇO PARA A CONSTRUÇÃO DE DIÁLOGOS INTERCULTURAIS E COMPREENSÃO DO CONTEXTO ESCOLAR 6

2.1. A DISCIPLINA DE HISTÓRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL l ...........................7
2.2. A DISCIPLINA DE GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL I ......................9

2.3. A DISCIPLINA DE ARTE NO ENSINO FUNDAMENTAL I................................10

2.4. DIVERSIDADE CULTURAL NA SALA DE AULA: REFLEXÕES SOBRE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NO ENSINO DE HISTÓRIA, GEOGRAFIA E ARTE .............11

3.CONSIDERAÇÕES FINAIS ...................................................................................13

REFERÊNCIA BILBLIOGRÁFICA.............................................................................14APÊNDICES..............................................................................................................15

1. INTRODUÇÃO
O presente trabalho tem por objetivo apresentar a importância da História, da Geografia e da Arte no Ensino fundamental I e ainda discutir a relação entre o ensino da História e a Geografia articulando o saber do docente com a formação continuada, numexercício reflexivo sobre a ação pedagógica criativa, dinâmica e humana, pautada na Arte e no caráter lúdico do processo de ensino-aprendizagem.  
Isto implica uma mudança nas atitudes dos profissionais que atuam nessa área, uma nova compreensão do que o saber histórico e geográfico tem contribuído e fundamentado para valorização do cidadão enquanto sujeito ativo e criativo.
 Diantedeste cenário questionamos: Qual didática e/ou metodologia usar?  Como devemos direcionar nossa prática docente? Alunos desmotivados, desinteressados, como interagir com eles? Como despertar seu interesse?  Como, realmente, prepará-los para atuarem de forma crítica, consciente na sociedade em que estão inseridos?
 A educação é a transformação do sujeito crítico e criativo com base na suavivência com o mundo. Como falar em aluno x mundo, sem passar pelo desenvolvimento da arte?
A transformação da prática do docente só acontece quando, no exercício de seu trabalho, ele coloca em discussão suas ações, explicita seus pressupostos, problematiza a prática, busca e experimenta alternativas de abordagens e de conteúdos, desenvolve atividades interdisciplinares, faz escolhasdiversificadas de recursos didáticos, analisa dificuldades e conquistas,compartilha experiências e relaciona a prática com a teoria.(PCN,1998, p. 29 ).

  Sendo assim, além dos conteúdos programáticos, “o professor também educa para a vida”. (CURY, 2003, p. 39).  A construção de novas propostas pedagógicas para o ensino da história e da geografia deve, ao meu ver, fundamentar-se nessaconcepção de escola como instituição social, um lugar plural, onde se estabelecem relações sociais e políticas, espaço social de transmissão e produção de saberes e valores culturais. É o lugar onde se educa para a vida, onde se formam as gerações para o exercício pleno da cidadania. “Por isso, fundamentalmente, é um lugar de produção e socialização de saberes”.(FONSECA, 2003, p. 101 e 107)....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!