As aplicações do gesso e do cal na contrução e demais areas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4826 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CAPITULO 5


GESSO


5.1. definição


É um aglomerante aéreo (endurece pela ação química do CO2 do ar), obtido pela desidratação total ou parcial da Gipsita – aglomerante já utilizado pela humanidade há mais de 4.500 anos, no Egito.
A Gipsita é o sulfato de cálcio mais ou menos impuro, hidratado com 2 moléculas de água. Sua fórmula química é CASO4 . 2H2O esuas impurezas – que, no máximo, indicam 6% - são o silício (SiO2), a alumina (Al2O3), o óxido de ferro (Fe2O3), o carbonato de cálcio (CaCO3), a cal (CaO), o anidrito sulfúrico (SO3) e o anidrido carbônico (CO2) .

2. desidratação da gipsita


No Brasil, a Gipsita é encontrada em jazidas no Norte e Nordeste, cujas reservas são calculadas em 407 milhões de toneladas. Suadesidratação é feita através do cozimento industrial (fornos), nas seguintes etapas :


a) As pedras de gipsita, depois da britagem e trituração, são queimadas na temperatura entre 130 e 160ºC, realizadas com pressão atmosférica ordinária. Nessa temperatura, a gipsita perde ¾ partes de sua água, passando de diidrato para hemidrato, que é mais solúvel que o diidrato (o hemidratoapresenta-se como sólido micro poroso mal cristalizado, conhecido como hemidrato (B), utilizado na construção civil) .


CaSO4 . 2H2O + calor ( (CaSO4 . ½ H2O) + 1,5 H2O


Esse gesso hemidrato é conhecido como gesso rápido (quanto à pega), gesso estuque ou gesso Paris e endurece entre 15 e 20 minutos, apresentando uma dilatação linear de 0,3% e, após seu endurecimento, esteretrai bem menos do que sua dilatação inicial, sendo, portanto, muito usado em moldagem;

b) A partir de 250ºC, o gesso torna-se anidro (sem água) e o resultado é a formação de anidrita solúvel, ávida por água, e que, rapidamente, na presença desta, transforma-se em hemidrato;


CaSO4 . 2H2O + calor ( CaSO4 + 2H2O)



c) Entre 400 e 600ºC, a anidrita torna-seinsolúvel e não é mais capaz de fazer pega, transformando-se num material inerte, participando do conjunto como material de enchimento .

d) Entre 900 e 1200ºC, o gesso sofre a separação do SO3 e da CaO, formando um produto de pega lenta (pega entre 12 e 14 horas) chamado de gesso de pavimentação, gesso hidráulico .

Observações :
1. Os hemidratos (CaSO4 . ½ H2O) eos anidros solúveis (CaSO4), colocados em presença da água em temperatura ordinária, reconstituem rapidamente o sulfato diidratado (CaSO4 . 2H2O) original.
Essa combinação forma uma malha fina cristalizada de “agulhas longas” interprenetadas, responsável pela coesão do conjunto ;


2. Os hemidratos tratados em autoclaves com temperatura entre 130 e 160ºC e pressão de 100Kpa sofrem dissolução e recristalização em meio líquido ( hemidrato ; (() ( gesso de dentista ;


3. O gesso mais utilizado na construção civil é o hemidratado : gesso Paris ;

4. A Gipsita apresenta, entre os aglomerantes, o mais baixo consumo de energia para sua produção (temperatura em média de 300ºC) ; o clínquer precisa de 1450ºC ; a cal, 800 a 1000ºC .

3.propriedades do gesso


5.3.1. No estado em que se encontra normalmente no mercado (hemidratado), as características do gesso são :


massa específica aparente = 0,5 a 0,8 kg. / dm3 ;
massa específica real = 2,6 kg. / dm3 .


2. Pega : O gesso misturado com a água – conforme já foi visto anteriormente – começa a endurecer, em razão daformação de uma malha de cristais e, depois do início da pega, ele continua a endurecer como os demais aglomerantes.


A velocidade de endurecimento do gesso depende de:
• Temperatura e tempo de calcinação ;
• Fissura de suas partículas ;
• Quantidade de água no amassamento ;
• Presença de impurezas ou uso de...
tracking img