As ações do serviço social frente à violência contra idosos

RESUMO
Foi realizada pesquisa bibliográfica cujo objetivo foi analisar e descrever a real situação das ações governamentais frente aos desafios enfrentados por pessoas da terceira idade e discutir opapel do assistente social frente à violência contra idosos. É obrigação do estado, garantir à pessoa idosa a proteção à vida, à saúde, mediante ações sociais públicas efetivas que permitam umenvelhecimento saudável e em condições de dignidade. Faz-se necessária uma intervenção segura quando preciso, na busca de melhor qualidade de vida para o idoso. Ao assistente social está incumbido aresponsabilidade de detectar ameaças contra o idoso e fazer valer todos os seus direitos e deveres. O profissional de serviço social está capacitado promover seu bem-estar social, incentivar a cultura, aeducação e cuidar da saúde do idoso.

Palavras-Chave: assistente social, envelhecimento, políticas públicas


INTRODUÇÃO

Diante de todos os desafios, ganha corpo a importância das políticaspúblicas, a formação do assistencial social e a qualidade de vida do idoso.
Cuidar do idoso é doar atenção, amor e segurança. Permitir a democratização específica a essa faixa etária. Ébuscar uma abordagem integrada à defesa desses direitos, da justiça, proteção, acolhimento com obrigação da família, do governo, das universidades oferecendo um maior número de profissionais para cuidardos idosos.
Estudos apontam que o idoso é uma das maiores vítimas de agressão doméstica, onde as famílias os excluem do convívio familiar e social. Minimizar esses impactos de violência é garantir apessoa idosa uma vida saudável, recuperando a auto-estima, a independência as necessidades básicas, de desejos, valorização e proteção.
No Brasil, verifica-se um processo evolutivo caracterizado poruma progressiva queda de mortalidade em todas as faixas etárias e, conseqüentemente cresce a expectativa de vida da população brasileira. Afinal, o que é velhice? Quando inicia? Biologicamente, o...
tracking img