Arvores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 63 (15558 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
  A História da Química contada por suas descobertas  
Reinaldo Calixto de Campos João Augusto Gouveia

                     

 

 

Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons.

http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode

 

Sala de Leitura                             A História da Química contada por suas descobertas 

Um pouco de História, de História da Química e de Química contada pela vida de Fritz Haber, o descobridor da síntese da amônia a partir das substâncias simples que a formam.
Biografias podem ser escritas apenas como um conjunto de datas e feitos. Podem ser também uma novela heroica: ao fim da leitura, não queremos ser outra coisa senão aquele herói. Uma vida mágica, uma coleção de vitórias,ou, mesmo nas derrotas, o heroísmo. As angústias, se existentes, são vencidas ao fim. Final feliz, sempre. Ou pode ser justo o oposto (ou seja, o mesmo): a biografia de um monstro sem coração que, de tão ruim, nos torna melhores: não somos como ele! Herói ou vilão, nenhum dos dois humanos. Os dois confortam, ambos por (des)identificação. Bem, a vida real é mais complexa. Herói ou vilão,sentimentos contraditórios existem dentro de cada um de nós. Coragem e medo; certeza e dúvida. Amor e ódio. São sentimentos humanos, contradições que não precisamos negar, e ao reconhecê-los, saberemos como (com)viver, e amar melhor. Daí, escolhermos a vida de Fritz Haber para contar a vocês. Um herói, um anti-herói, uma pessoa comum, uma pessoa especial, um homem do seu tempo, um homem a frente de seutempo. Um homem atropelado pelo seu tempo. Vamos lá, então. Fritz Haber nasceu em 9 de dezembro de 1869, em Breslau, na Prússia (que depois passou a fazer parte da Alemanha), e hoje fica na Polônia. Bem, já temos que dar uma parada aqui. Que diabo de Prússia é esta? Não é Rússia? E o que faz hoje na Polônia uma cidade que era na Alemanha? Acontece que a Alemanha, naquele tempo, não era certamente aAlemanha de hoje: um país desenvolvido, associado à tecnologia e à capacidade de organização. Na época, a Alemanha, tal como a conhecemos hoje, não existia; mas mal estava terminando de se formar. Ao contrário da Rússia, Espanha, Portugal, Inglaterra e a França, que mesmo naquela época já existiam há centenas de anos mais ou menos como são hoje. Mas então o que havia lá, naquele lugar que hojechamamos de Alemanha? Havia uma série de reinos, principados, ducados maiores e menores, cidades independentes etc., com línguas apenas parecidas (nem sempre um entendia o outro), com interesses políticos diversos: os interesses da parte ao Norte se associavam mais ao comércio com o norte da Europa, com a Escandinávia (ver Mapa I), via mar Báltico, com a Holanda e a própria Inglaterra. Ao Sul haviagrande influência do Império Austríaco. A parte ao longo do Rio Reno, próxima da França, tinha grande influência deste país. Ou seja, dividida em pequenos estados, a Alemanha não era páreo para os países

.  1 . 

Sala de Leitura 
                            A História da Química contada por suas descobertas 

vizinhos já formados, como a Inglaterra, a França e até mesmo a Suécia. Em algunsmomentos, o que hoje chamamos de Alemanha foi o saco de pancadas do resto da Europa. A Guerra dos Trinta Anos (1618 a 1648), travada entre católicos e protestantes (na verdade, travada entre príncipes que se associavam a um lado ou outro, conforme seus interesses) foi especialmente destrutiva para a região, contribuindo para perda de colheitas, fome, empobrecimento etc. Depois disso, lá pelo tempodo nascimento do nosso Haber, ou seja, no século XIX, definiu-se entre os diversos estados mais ou menos independentes que formavam a Alemanha (mapa II) um deles bem mais forte: a Prússia! Não confunda com Rússia, embora a Prússia seja a parte da Alemanha mais próxima da Rússia. Ali está Berlim, uma grande cidade da Europa Central. Em torno da Prússia deu-se a...
tracking img