Artrologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1493 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Paulista – UNIP
Dependência
Disciplina: Anatomia MUSCOLOESQUELÉTICA
Professor responsável: Demostenes Moreira
Aluna: Jaqueline Lessa
Turma: FS3A30
Turno: Matutino
Trabalho referente à NP1








ANATOMIA MUSCULOESQUELÉTICA - ARTROLOGIA








Brasília, 04 de junho de 2012
INTRODUÇÃO
Neste trabalho falaremos da artrologia do corpo humano.A artrologia é o capítulo da anatomia que estuda as articulações. Articulação nada mais é do que a união de duas ou mais peças ósseas ou cartilaginosas, por meio de feixes fibrosos ou fibro-cartilaginosos, apresentando ou não movimentos, esses movimentos podem ser amplos ou limitados e podem ainda se combinar para formar outros tipos de movimento.


















ARTROLOGIAAs articulações possuem certos aspectos estruturais e funcionais em comum que permitem classificá-las em três grandes grupos: fibrosas, cartilagíneas e sinoviais. O critério para esta divisão é o da natureza do elemento que se interpõe às peças que se articulam.
A classificação funcional leva em conta o grau de movimento que elas permitem e podem ser classificadas em:
- sinartrose, umaarticulação Imóvel.
- anfiartrose, articulação levemente móvel.
- diartrose, articulação livremente móvel: todas são articulações sinoviais, permitindo diversos tipos de movimentos.

Articulações fibrosas
As articulações fibrosas incluem todas as articulações nas quais os ossos são mantidos por tecido conjuntivo fibroso também conhecido como ligamento sutural. Há dois tipos principais dearticulações fibrosas: Suturas, Sindesmoses e Gonfoses, dependendo em parte do comprimento das fibras de tecido conjuntivo que mantém os ossos unidos.
(Fig. 1)
- Suturas
Os ossos são unidos por uma fina lâmina fibrosa de tecido fibroso, o ligamento sutural. Encontradas no crânio. São anaxiais, ou seja, não há movimento entre os ossos.
(fig. 2 – suturas do crânio)

- Sindesmoses
Nestas suturas otecido interposto é também o conjuntivo fibroso, mas não ocorre nos ossos do crânio. Na verdade, a Nomenclatura Anatômica só registra dois exemplos: sindesmose tíbio-fibular e sindesmose radio-ulnar.

(fig. 3 - radio ulnar e tíbio talar)
- Gonfoses
Também chamada de articulação em cavilha, é uma articulação fibrosa especializada à fixação dos dentes nas cavidades alveolares na mandíbula emaxilas. O colágeno do periodonto une o cemento dentário com o osso alveolar.
(fig. 4)
Articulações Cartilaginosas
Nesse tipo de articulação o tecido que se interpõe é a cartilagem. São formadas quando dois ou mais ossos estão unidos por uma cartilagem. As articulações formadas por cada vértebra na coluna são articulações cartilaginosas. O disco intervertebral é na verdade uma cartilagem, quemantém duas vértebras unidas. Classificam-se em dois tipos, de acordo com a natureza histológica da cartilagem de união: Sincondrose e Sínfise.

- Sincondrose
É uma articulação característica por seu material de conexão ser a hialina. A cartilagem hialina que une os ossos é uma porção persistente de esqueleto cartilaginoso do embrião. Um exemplo é a lâmina epifisal que une a epífise à diáfise de umosso longo em crescimento no sentido do crescimento. Funcionalmente é uma sinartrose, ou seja, imóvel. Quando o crescimento cessa, esta cartilagem hialina é substituída por osso.
(fig. 5)
- Sínfise
Característica por estarem cobertas por uma camada de cartilagem hialina. Entre os ossos da articulação à um disco fibrocartilaginoso, sendo essa a característica distinta da sínfise. Esses discospor serem compressíveis permitem que a sínfise absorva impactos. A articulação entre os ossos púbicos e a articulação entre os corpos vértebras são exemplos de sínfise. Durante desenvolvimento as duas metades da mandíbula estão unidas por uma sínfise mediana, mas essa articulação torna-se completamente ossificada na idade adulta.
(fig. 6)

Articulações Sinoviais
A diferença é a presença...
tracking img