Artigos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2346 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. APRESENTAÇÃO

A hipertensão arterial é um tipo de patologia de maior prevalência na população. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, cerca de 30% da população adulta é hipertensa. A pressão se eleva porque os vasos nos quais o sangue circula se contraem. A pressão alta representa vários fatores de risco decisivos que são tabagismo, inatividade física, alimentação inadequada, obesidade,dislipidemia e consumo de álcool.
A prevalência da hipertensão arterial aumenta com o avançar da idade, tendo a mulher, outro fator agravante, que é o inicio da menopausa. Um dos principais motivos que levam as mulheres a apresentarem mais problemas cardiovasculares do que os homens é a redução hormonal característica da menopausa. Por motivos de diminuição dos níveis circulantes, do estrogênioe progesterona, esta entrada da mulher na quarta fase do climatério resulta em alterações antropométricas metabólicas, hemodinâmicas e emocionais, culminando na predisposição e aparecimento de doenças cardiovasculares, já que indica que o estrogênio endógeno, produzido durante a menacene teria um efeito cardio protetor.
Devido a todas essas implicações e com a identificação do elevado numero demulheres de 40 a 60 anos com hipertensão arterial sistêmica nas micro áreas 2, 4 e 7 da comunidade Cafesopólis no bairro da Imbiribeira em Recife-PE, viu-se a necessidade de criar juntamente com a Equipe de Saúde da Família e o Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF) do bairro, um projeto de intervenção com estratégias de mobilização e controle a fim de identificar os fatores de risco adoença, promover uma assistência mais qualificada e tentar diminuir o numero de mulheres com essa patologia na comunidade.
Este trabalho trata-se de um estudo de campo com abordagem qualitativa feito na comunidade Cafesopólis objetivando promover ações de prevenção e controle da hipertensão arterial em mulheres de 40 a 60 anos de idade. Foi realizado através de: visitas mensais feitas pelas agentes desaúde nos domicílios das mulheres que possuem a patologia; analise dos prontuários das pacientes para observar o quadro clinico e descobrir as principais causas que levam ao oferecimento desta patologia; reunião e planejamento de ações com o Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF) a fim de promover atividades comemorativas com temas relativos a problemática; realização de grupos em diversosespaços sociais, tais como associações de bairro, escolas e igrejas e por fim observação da mudança de hábitos e atitudes após as ações. O que nos trouxe resultados bastante positivos e um bom retorno das pacientes.

2. DESCRIÇÃO DA SITUAÇÃO PROBLEMA

Devido as visitas domiciliares realizadas pelas agentes comunitárias de saúde identificou-se um grande índice de mulheres com hipertensãoarterial sistêmica. Nas micro áreas, 2, 4 e 7 assistida pela unidade de saúde Cafesopolis, as mulheres que possuem um elevado índice de hipertensão arterial sistêmica, são aquelas com faixa etária de 40 a 60 anos.
A patologia, hipertensão arterial sistêmica e a interação com mulheres na faixa etária de 40 a 60 anos, torna-se o foco do nosso projeto, pois através do diagnostico de situação desaúde na comunidade, detectamos um alto índice dessa enfermidade. Do total de 139 mulheres das micro áreas 2, 4 e 7 foi detectado 50 mulheres com hipertensão arterial.
A partir disto criou-se algumas estratégias para dar inicio ao projeto com o apoio do NASF, para ser oferecida uma assistência mais qualificada a essas mulheres e objetivando identificar as causas que contribuíram para o surgimentodessa patologia e tentar erradicar ao máximo a incidência dessa doença em nossa comunidade.

3. FUNDAMENTAÇÃO TEORICA
O coração bombeia sangue para os demais órgãos do corpo por meio das artérias. Nesse momento, o sangue é “empurrado” contra a parede das artérias o que se denomina pressão arterial, que é o resultado da contração do coração a cada batimento e da contração dos vasos...
tracking img