Artigos hospitalares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1849 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ARTIGOS HOSPITALARES


Os artigos hospitalares compreendem todos os instrumentos, objetos de natureza diversa, utensílios (talheres, louças, comadres, papagaios, etc.), acessórios de equipamentos e outros utilizados nos ambientes hospitalares e de saúde (clinicas, postos de saúde, etc).
Todo artigo hospitalar, por medida de segurança, deve passar por um processamento de limpeza, desinfecçãoou esterilização antes de ser utilizado ou reutilizado, pois são considerados “contaminado”, sem levar em consideração o grau de sujidade presente. Para tanto, eh necessário classificar o artigo de acordo com o risco potencial de infecção envolvido em seu uso e então definir o tipo de processamento a que será submetido (desinfecção ou esterilização).
É recomendado que todo processamento de artigosseja centralizado, por motivos de custo, eficiência de operacionalização, facilidade de manutenção do padrão de qualidade e aumento do tempo de vida útil dos mesmos.
O manuseio de artigos requer que cada procedimento seja acompanhado da indicação do Equipamento de Proteção Individual (EPI) especifico, em relação à natureza do risco ao qual o pessoal hospitalar se expõe. Os riscos são em relaçãoao material biológico, químico e térmico.
As infecções hospitalares constituem um grave problema de saúde pública que aumenta e morbimortalidade, tanto pela sua abrangência como pelos elevados custos sociais e econômicos.
O conhecimento das várias formas de transmissão de infecções e dos processos de limpeza, desinfecção e de esterilização são imprescindíveis para reduzir esta causa de aumentoda morbidade e mortalidade hospitalar.


CLASSIFICACAO DOS ARTIGOS HOSPITALARES

Para a escolha do tipo de processamento ao qual será submetido o artigo, é utilizada a classificação proposta por Spaulding (1968), sob o ponto de vista de resistência à ação dos desinfetantes, com objetivo de racionalizar sua indicação. Segundo Spaulding (1968) os artigos podem ser classificados em trêscategorias considerando-se o grau de risco de infecção envolvido no uso dos mesmos, podendo ser eles artigos críticos, artigos semi-críticos e artigos não críticos, como segue:

• Artigos críticos - são os artigos destinados a procedimentos invasivos, aqueles que penetram nos tecidos sub-epiteliais da pele e mucosa, sistema vascular ou outros órgãos isentos de microbiota própria. São artigos que entramem contato direto ou indireto com áreas estéreis do corpo. Requerem processo de esterilização para satisfazer os objetivos a que se propõem. Ex.: instrumentos de corte ou ponta; outros artigos cirúrgicos (pinças, afastadores, fios de sutura, catéteres, drenos etc.); soluções injetáveis (agulhas).
• Artigos semi-críticos - são aqueles que entram em contato com a mucosa íntegra e/ou pele nãoíntegra. São artigos que entram em contato direto ou indireto com mucosa com microbiota própria ou com lesões superficiais da pele. Requerem processo de esterilização ou desinfecção de médio ou alto nível, para ter garantida a qualidade do múltiplo uso destes. Ex.: material para exame clínico (pinça, sonda e espelho); condensadores; moldeiras; porta-grampos; equipamento respiratório; espéculo vaginal;cânula endotraqueal.
• Artigos não críticos - são aqueles que entram em contato com a pele íntegra ou não entram em contato direto com o paciente. Requerem limpeza ou desinfecção de baixo ou médio nível, dependendo do uso a que se destinam ou do último uso realizado. Ex.: termômetro; superfícies de armários e bancadas; aparelho de raios X; estetoscópio; cuba rim; roupas de cama.


CLASSIFICAÇÃODOS PROCEDIMENTOS CLÍNICOS
Podemos classifica-los em:
• Procedimento crítico (para artigos críticos) - todo procedimento em que haja presença de sangue, pus ou matéria contaminada pela perda de continuidade do tecido.
• Procedimento semi-crítico (para artigos semi-criticos) - todo procedimento em que exista a presença de secreção orgânica (saliva), sem perda de continuidade do tecido.
•...
tracking img