Artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4505 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A INFÂNCIA: UMA ANÁLISE HISTÓRICA E A CONSTRUÇÃO DA EDUCAÇÃO

RESUMO: O presente artigo tem a intenção de revelar as transformações e orientações dos modos de "ser" da infância ao longo dos tempos a partir do conceito histórico, pois a idéia que se tem da infância é de uma invenção moderna, mas ela vem sendo historicamente construída e assim surge a possibilidade sobre a forma de comoentendemos e nos relacionamos com a criança a fim de propiciar uma educação que atenda os ensejos das crianças.

Palavras-chave: infância, conceito, educação

INTRODUÇÃO

A visão sobre a infância, atualmente, é considerada como um período pelas quais todos passam é uma construção definida no momento presente. Todas as pessoas nascem bebê e serão crianças até um determinado período independente de suacondição social, entretanto esta visão de infância nem sempre foi percebida dessa maneira e por diversos períodos se questionou qual era o tempo da infância e quem era a criança.
Neste contexto, o conceito de infância sofreu alterações significativas ao longo da história e que fazendo a analise desse conceito ao ponto de vista histórico, poderá revelar muito sobre a sua situação nos dias atuais.Ao se pesquisar o significado do conceito de infância aponta-se as mudanças ocorridas na sociedade e na família, podendo assim entender melhor como tal conceito foi ignorado ao atender o interesse de uma época e a importância das mudanças deste conceito proporcionou a criança o direito a uma educação e assim ela ser a protagonista de sua própria história.

A INFÂNCIA E A CRIANÇA DO PASSADO...A idéia de infância é entendida como um período de vida pela qual as crianças passam e são confundidos os termos criança e infância como sinônimos. As crianças sempre existiram como corpos biológicos, seres que se movimentam. No entanto, a infância é uma idéia, um sentimento, uma fase da vida criada por elas. Esta fase da vida denominada infância nem sempre existiu e a vida das crianças erabem diferente desse sentimento.
Segundo o historiador francês Philippe Ariés (1981), as condições para que a infância fosse inventada começaram a acontecer no final da Idade Média, na Europa.

Até por volta do século XII, à arte medieval desconhecia a infância ou não tentava representá-la. É difícil crer que essa ausência se devesse a incompetência ou a falta de habilidade. É mais provável quenão houvesse lugar para a infância nesse mundo. (ARIÉS, 1981, p.50).

Antes de existirem condições para inventar a infância, as crianças eram vistas e tratadas como miniaturas de adultos, (crianças travestidas de adultos: agindo e usando os mesmos vestuários).
Até os dois anos de idade, de acordo com Ariés (1981), a criança era vista como tal. Logo após a esta idade, quando a criança começasse afalar e andar, já era vista como um adulto jovem. Portanto o sentimento de infância era muito passageiro e superficial, durava no máximo dois anos para cada criança que conseguia sobreviver em meio às precárias, condições de vida da Idade Média. Até mesmo as famílias ricas presenciavam a morte de muitas crianças, pois as condições de saneamento eram inadequadas e as campanhas de saúde pública nãoexistiam. Esta mortalidade era vista como natural.
É difícil imaginar existência, na sociedade medieval, de um sentimento de infância, pois a criança era considerada um ser sem humanidade, sem conceito social preciso.
Outro fenômeno detectado pelo autor em relação à freqüência da morte entre as crianças era o infanticídio, por mais brutal que isso possa parecer.
Sobre essa prática Ariés ensina:[...] um fenômeno muito importante e que começa a ser conhecido: a persistência até o fim do século XVII do infanticídio tolerado. Não se tratava de uma prática aceita [...]. O infanticídio era um crime severamente punido. No entanto praticado em segredo, corretamente, talvez, camuflado sob a forma de um acidente: as crianças morriam asfixiadas naturalmente na cama dos pais, onde dormiam. Não...
tracking img