Artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (441 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Psicologia como ciência inicialmente foi definida como o “estudo da psique ou da mente”, mas ao longo do tempo, estudos, inúmeras observações e críticas tornou-se notório a impossibilidade deestudar “a mente” como fenômeno palpável, passível de experimentação e observação, já que os comportamentos poderiam reafirmar ou não algum fenômeno intrínseco. Ao longo dos anos essa definição se estendeuao “estudo do comportamento” e para tanto, deve-se ressaltar que as contribuições de B. F. Skinner (1981) através de experimentos laboratoriais com ratos, demonstram que os comportamentos observáveisnão ocorrem apenas por causas orgânicas, mas também pela interação do sujeito com o ambiente.
Para que um comportamento seja analisado deve-se levar em consideração um desempenho orgânico emparticular, as interações com o ambiente num determinado período de tempo e as variáveis que inferiram sobre o sujeito em variadas circunstâncias.
As interações com o ambiente podem modificar ou alterar ocomportamento e, de igual forma o comportamento altera o ambiente gerando outros comportamentos, onde cada evento é analisado separadamente.

Estamos interessados então, nas causas do comportamentohumano. Queremos saber por que os homens se comportam da maneira como o fazem. Qualquer condição ou evento que tenha algum efeito demonstrável sobre o comportamento deve ser considerado. Descobrindoe analisando estas causas poderemos prever o comportamento; poderemos controlar o comportamento na medida em que o possamos manipular (SKINNER, 1981, p.34).

Dentre as contribuições de Skinner paraa abordagem comportamental, destaca-se a noção de operante, que baseia-se na Lei do Efeito anteriormente proposta por Thorndike em que “as respostas para uma situação, que são seguidas por um estadorecompensador de eventos, vão ser fortalecidas e vão se tornar respostas habituais para aquela situação” (1898, p xx), sendo que Skinner propôs que nem todas as ações eram reflexas, mas que havia...
tracking img