Artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4543 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Redalyc
Sistema de Información Científica
Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

Bressan, LR; Matsutani, LA; Assumpção, A; Marques, AP; Nunes Cabral, Cristina Maria Efeitos do alongamento muscular e condicionamento físico no tratamento fisioterápico de pacientes com fibromialgia Revista Brasileira de Fisioterapia, vol. 12, núm. 2, marzo-abril, 2008, pp. 88-93Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia São Carlos, Brasil
Disponible en: http://redalyc.uaemex.mx/src/inicio/ArtPdfRed.jsp?iCve=235016537003

Revista Brasileira de Fisioterapia ISSN (Versión impresa): 1413-3555 rbfisio@ufscar.br Associação Brasileira de Pesquisa e PósGraduação em Fisioterapia Brasil

¿Cómo citar?

Número completo

Más información del artículo

Página dela revista

www.redalyc.org Proyecto académico sin fines de lucro, desarrollado bajo la iniciativa de acceso abierto

ISSN 1413-3555 Rev Bras Fisioter, São Carlos, v. 12, n. 2, p. 88-93, mar./abr. 2008 © Revista Brasileira de Fisioterapia

ARTIGO CIENTÍFICO

Efeitos do alongamento muscular e condicionamento físico no tratamento fisioterápico de pacientes com fibromialgia
Effects of musclestretching and physical conditioning as physical therapy treatment for patients with fibromyalgia
Bressan LR1, Matsutani LA1, Assumpção A2, Marques AP2, Cabral CMN3

Resumo
Objetivo: Verificar os efeitos de exercícios de alongamento muscular e condicionamento físico no tratamento fisioterápico da fibromialgia (FM). Casuística e métodos: Foram avaliadas 15 mulheres com diagnóstico de FM, segundo os critériosdo Colégio Americano de Reumatologia, divididas em dois grupos: Grupo 1 (G1) com oito pacientes, realizou tratamento por meio de alongamentos musculares e Grupo 2 (G2), sete pacientes, condicionamento físico. Foram avaliados qualidade do sono, fatores de piora e melhora da dor, sintomas associados e medicamentos utilizados. Além disso, foi aplicado o Fibromyalgia Impact Questionnaire (FIQ), paraavaliar o impacto da FM. O tratamento durou oito semanas, sendo uma sessão semanal com duração de 40 a 45 minutos. As variáveis do FIQ antes e depois dos tratamentos foram comparadas pelo teste t para amostras dependentes (α< 0,05) e as demais foram analisadas descritivamente. Resultados: A maioria das pacientes apresentava sono não reparador (86,67%), piora da dor com serviços domésticos (40%),nenhum fator de melhora da dor (28,57%), distúrbios do sono como sintomas associados (100%) e utilizava antidepressivos (69,23%). Em relação às variáveis do FIQ, observaram-se diferenças estatisticamente significantes no sono (p= 0,0428) e rigidez matinal (p= 0,0130) nas pacientes do G1. Já no G2, não foram observadas diferenças significantes após o tratamento. Conclusões: Sugere-se que os alongamentosmusculares realizados podem gerar impacto positivo na FM, promovendo melhora do sono e rigidez matinal das pacientes avaliadas. Palavras-chave: aptidão física; exercícios de alongamento muscular; fibromialgia; questionários; terapia por exercício.

Abstract
Objective: To investigate the effects of muscle stretching exercises and physical conditioning as physical therapy treatment for fibromyalgia.Methods: Fifteen women with a diagnosis of fibromyalgia in accordance with the criteria of the American College of Rheumatology were evaluated and divided into two groups: Group 1 (G1, eight patients) underwent treatment consisting of muscle stretching and Group 2 (G2, seven patients), participated in a physical conditioning program. Sleep quality, pain-modulating factors, associated symptoms andmedications used were evaluated. Furthermore, the Fibromyalgia Impact Questionnaire (FIQ) was applied to evaluate the impact of fibromyalgia. The treatment lasted for eight weeks, with one session per week of 40 to 45 minutes in duration. The FIQ data obtained before and after treatment were analyzed by means of Student’s t test for dependent samples (α< 0.05) and other variables were analyzed...
tracking img