Artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1006 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Efeitos do Treinamento Concomitante Hipetrofia e Endurance no Músculo Esquelético.



O objetivo deste estudo foi o de verificar os aspectos fisiológicos envolvidos na
interação entre o treinamento de endurance e hipertrofia muscular e se estas
modalidades devem ou não ser realizadas na mesma sessão de treinamento
O estudo verifica os aspectos fisiológicos entre o treinamento deendurance e hipertrofia muscular. O treinamento de força é uma modalidade exercícios resistidos onde são realizados movimentos musculares contra uma força de oposição. Como por exemplo os exercícios com pesos. No caso do treinamento de endurance ou aeróbio que tem na realização de exercícios a predominância e necessitade do oxigênio para a produção de energia, que seriam eles canoagem, ciclismo ecorrida.
Esses exercícios são vitais para aperfeiçoar as capacidades pulmonar e cardiovascular. Com relação aos sistemas energéticos, o glicogênio muscular é a fonte de energia para o exercício aeróbio e o de força. Quando perdemos massa muscular, perdemos força e com o avanço da idade isso se torna mais freqüente. Dessa maneira, fica clara a necessidade de aumentar ou preservar a massa muscularatravés dos exercícios físicos.
Como o número de núcleos novos de células satélites é maior do que o necessário para preencher o espaço pelas microlesões, a fibra muscular produz um número maior de miofibrilas, resultando na hipertrofia muscular.
O treinamento de força intenso aumenta a síntese protéica, resultando em um aumento de proteínas contráteis e hipertrofia muscular. Já notreinamento de hipertrofia, anaeróbio, existe uma grande produção de lactato e o aumento da atividade das enzimas glicolíticas, que são estimuladas em 30 segundos e 1 minuto de treino.
A hipertrofia muscular e as mudanças no recrutamento de unidades motoras são importantes fatores relacionados ao desenvolvimento de força. É sugerido que o treinamento concomitante, aeróbio e força, altera o padrãode recrutamento de unidades motoras relacionadas a contração máxima voluntária.
Além disso, foi observada hipertrofia tanto nas fibras de contração rápida quanto nas lentas. Durante o exercício físico intenso e de longa duração, a concentração plasmática de cortisol aumenta, diminuindo a produção de testosterona. Concluindo-se que quanto maior a duração do exercício, maiôs o risco de degradaçãode proteínas.
A testosterona é considerada o principal hormônio anabolizante nos homens e sua concentração é menor nas mulheres. Entretanto, os valores de hormônio do crescimento(GH) encontrados nas mulheres são maiores do que em homens. Dessa fórma, é sugerido que o GH é o mais potente hormônio anabólico nas mulheres.
A hipetrofia observada nas mulheres está relacionada as somatomedinas,que são potentes hormônios anabólicos e sua secreção é estimulada pela alta concentração de GH. O overtraining pode ser definido como um fator fisiológico ou psicológico que causaria estagnação, ou até mesmo um decréscimo na performance de uma determinada atividade.
Um volume maior de treinamento, como é o caso do treinamento concomitante, pode resultar em overtraining. A fadiga neuromuscularpode ser definida como qualquer redução na capacidade de exercer a força máxima vonluntária, induzida por qualquer tipo de exercício tanto aeróbio quanto muscular.
O glicogênio muscular é uma fonte energética importante durante os exercícios de endurance. Exercícios de endurance prolongados depletam o glicogênio muscular, prejudicando dessa maneira a performance do treinamento de força.Todos os processos metabólicos, energéticos, neuromusculares explanados e abordados durante esse estudo demonstram que treinar as duas modalidades na mesma seção resulta em estados de fadiga e overtraining principalmente pelo excesso de volume.
Concluindo nesse estudo que tanto o treinamento aeróbio quanto o treinamento de hipertrofia são importantes para a melhoria da qualidade de vida, da...
tracking img