Artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2611 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O FENOMÊNO JURIDÍCO SOB A PERSPECTIVA DO MARXISMO : MARX,OS MARXISTAS E SUAS CONCEPÇÕES DE DIREITO.

Thiago Alves de Barros
Cristina Fernandes Gonçalves
Maria Paula Pereira Caixeta
Jackeline Nunes Moreira
Fernando Barbosa Luiz
Suelen Lopes Martins

Resumo: A teoria marxista é, substancialmente, uma crítica radical das sociedades capitalistas. Mas é uma crítica que não se limita a teoriaem si.No âmbito do marxismo entre as várias críticas quanto a sua inadequação em tecer qualquer reflexão sobre o jurídico temos aquela pela qual ao trabalho com um conceito de verdade como correspondência tornaria destituída de sentido qualquer atividade interpretativa.

Palavras-chave: Karl Marx,Direito,Classe Social.

Abstrat: Marxist theory is, substantially, a radical critique ofcapitalist societies. But criticism is not confined within the theory of Marxism si.No between the various criticisms of its inadequacy to weave any reflection on the legal one for which we have to work with a concept of truth as correspondence render meaningless any interpretive activity.

Introdução
Marx foi o segundo de nove filhos, de uma família deorigem judaica de classe média da cidade de Tréveris. Em 1830, Marx iniciou seus estudos no Liceu Friedrich Wilhelm, em Tréveris, ano em que eclodiram revoluções em diversos países europeus. Ingressou mais tarde na Universidade de Bonn para estudar Direito,
Integrante de um grupo de jovens que tinham afinidade com a teoria pregada por Hegel (Georg Wilhelm Friedrich - um dos mais importantes einfluentes filósofos alemães do século 19), Marx começou a ter mais familiaridade dos problemas econômicos que afetavam as nações. Foi em Paris que Marx conheceu Friedrich Engels, com o qual manteve amizade por toda a vida. Na capital francesa, a produção de Marx tomou um grande impulso. Nesta época, redigiu "Contribuição à crítica da filosofia do direito de Hegel". Depois, contra os adeptos da teoriahegeliana, escreveu, com Engels, "A Sagrada Família", "Ideologia alemã" (texto publicado após a sua morte).

Em 1848, Marx publicou o "Manifesto do Partido Comunista", o primeiro esboço da teoria revolucionária que, anos mais tarde, seria denominada marxista.
No mesmo ano, foi expulso da Bélgica e voltou a morar em Colônia, onde lançou a "Nova Gazeta Renana", jornal onde escreveu muitosartigos favoráveis aos operários. Desiludido com as mortes de sua mulher (1881) e de sua filha Jenny (1883), Karl Marx morreu no dia 14 de março de 1883.

Desenvolvimento
Filho de um famoso jurista brasileiro, Roberto Lyra, e de Sofia Lyra, Roberto Lyra Filho diplomou-se em letras (cambridge, 1942) e em direito (faculdade de direito do rio de janeiro, 1949), quando jáera jornalista e possuía relevante produção literária, quase toda sob o pseudônimo de noel delamare. escreveu poesia e, com domínio de línguas, traduziu diversas obras.trabalhou como advogado no Rio de Janeiro, após sua graduação, onde também exerceu a função de conselheiro penitenciário. já em 1950, iniciou sua carreira docente, na faculdade de direito do Rio de Janeiro, onde lecionava direitopenal, no cargo de professor-substituto. posteriormente, assumiu a cátedra de direito processual penal na faculdade brasileira de ciências jurídicas.
Roberto Lyra Filho foi um pensador esquerdista, que no início de sua carreira jurídica se destacou por estudos dogmáticos, campo que foi perdendo importância em seu pensamento, progressivamente mais ligado ao humanismo dialético e à filosofia esociologia jurídica, campo em que é um dos expoentes brasileiros do pensamento jurídico de esquerda. a identificação entre direito e lei pertence, aliás, ao repertório do estado, pois na sua posição privilegiada ele desejaria convencer-nos de que cessaram as contradições, que o poder atende ao povo em geral e tudo o que vem dali é imaculadamente jurídico, não havendo direito a procurar. Roberlo Lyra...
tracking img