Artigo - a prática de grupos como ação de promoção da saúde na estratégia saúde da família

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6429 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A PRÁTICA DE GRUPOS COMO AÇÃO DE PROMOÇÃO DA SAÚDE NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA
group practice as health-promoting action in the family health strategy
Natália de Cássia Horta1, Roseni Rosângela de Sena2, Maria Elizabeth Oliveira Silva3, Tatiana Silva Tavares4, Isabela Marques Caldeira5

RESUMO
A Promoção da Saúde tem sido apontada como um eixo essencial na Estratégia Saúde da Família(ESF). Entretanto, no cotidiano da assistência, as equipes de saúde da família encontram dificuldades na elaboração de estratégias para concretizá-la. Considerando a relevância da implementação de práticas com foco na Promoção da Saúde, este artigo tem como objetivo discutir a prática de grupos na ESF como uma das possibilidades da Promoção da Saúde. Foi elaborado a partir de um estudo de abordagemqualitativa, descritivo-exploratório, desenvolvido nos municípios de Belo Horizonte e Contagem. Foram entrevistados 28 profissionais de equipes de saúde da família que indicaram a prática de grupos como forma de implementar ações de Promoção da Saúde. Evidencia-se, nos discursos, uma tendência em operar o conceito de Promoção da Saúde relacionado-o às atividades de prevenção de doenças. Os grupossão as principais ações realizadas com enfoque na Promoção da Saúde, sendo, na maioria das vezes, dirigidos a patologias específicas. Percebe-se que esses grupos funcionam como um espaço “racionalizador” do trabalho, uma vez que diminuem a demanda por consultas médicas e de enfermagem. Os entrevistados ressaltam a sobrecarga de trabalho como fator que dificulta a concretude de ações de promoção àsaúde no trabalho da ESF. A partir da descrição e da análise dessas práticas, percebemos a utilização de metodologias educativas tradicionais, como as palestras objetivando mudanças de comportamento e hábitos por meio da transmissão de informações. Percebemos também pouca participação dos usuários nos grupos, pois

ABSTRACT
Health promotion has been considered an essential element of the FamilyHealth Strategy. However, in the daily work of healthcare, family health teams have had difficulties in drawing up strategies for its practice. Considering the relevance of the implementation of practices focusing on health promotion, the objective of this article is to discuss the use of groups in the Family Health Strategy, as one of the opportunities for health promotion. This was a qualitative,descriptive-exploratory study undertaken in the cities of Belo Horizonte and Contagem, Minas Gerais, Brazil. Interviews were conducted with 28 family health team workers, who quoted groups as a way of implementing health promotion initiatives. In their discourse, they showed a tendency to work with a concept of health promotion, relating it to disease prevention activities. Groups are the maininitiatives focused on health promotion and are, in most cases, directed at specific pathologies. It can be seen that these groups function as a work “rationalization” space, since they reduce the demand for medical and nursing consultations. The interviewees highlighted work overload as a factor which makes it difficult to implement health promotion measures in the Family Health Strategy. From thedescription and analysis of these practices, we observed the use of traditional education methodologies, such as lectures targeting behavior and habits change through the transmission of information. We also saw little participation by the users, because very often the groups did not meet their needs, since they were more directed to the interests of the health workers. We conclude that there is aneed

1

2

3 4 5

Natália de Cássia Horta, enfermeira, Pesquisadora do NUPEPE, Doutoranda em Enfermagem pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG, Professora da PUC Minas. Email: nanahorta@yahoo.com.br Roseni Rosângela de Sena, enfermeira, Coordenadora do NUPEPE, Doutora em Enfermagem pela Universidade de São Paulo, Professora Emérita da Escola de Enfermagem da UFMG. Maria...
tracking img