Artigo rapid application development

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1780 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Rapid Application Development

Marcos Rodolfo Vieira Lima

¹Universidade Federal do Piauí (UFPI)
Caixa Postal 64.600-000 – Picos– PI – Brazil

²Departamento de Sistemas de Informação

Universidade Federal do Piauí (UFPI) – Picos, PI – Brazil

marcos_rodolforock@hotmail.com


Resumo. Este artigo tem como finalidade apresentar o Rapid Application Development, como um modelode processo de desenvolvimento de software iterativo e incremental que enfatiza um ciclo de desenvolvimento extremamente curto (entre 60 e 90 dias), destacando sua história, suas vantagens e desvantagens, e detalhando cada etapa do seu processo.


Abstract. This article aims to introduce the Rapid Application Development as a model of development process iterative and incremental softwarethat emphasizes an extremely short development cycle (between days 60 and 90), highlighting its history, its advantages and disadvantages, and detailing each step of your process.






1. Introdução


O Rapid Application Development (Desenvolvimento Rápido de Aplicação) é uma metodologia de desenvolvimento de software que está concentrada na criação de aplicativos em um período de tempocurto, tradicionalmente com compromissos em usabilidade, características e / ou velocidade de execução. O termo descreve aplicações que podem estar prontas de 60-90 dias, originalmente planejado para descrever um processo de desenvolvimento que envolve a criação de protótipos de aplicação e desenvolvimento iterativo. James Martin registrou o termo em 1991 e tem substituído gradativamente o termo deprototipação rápida que já foi muito utilizada no passado.



O modelo em cascata é um dos principais representante dos modelos utilizados na década de 70, possuíam longos períodos de desenvolvimento e às vezes os requisitos do sistema se alteravam antes do fim do processo. Os desenvolvedores de software necessitavam de um modelo mais ágil que permitisse um tempo de desenvolvimento mais curtoe a mudança dos requisitos durante o processo. O RAD tem existência de quase 20 anos, mas é tão válido hoje como era quando foi inicialmente concebida.









2. Vantagens


•Reutilização de componentes;


•Os métodos convencionais de desenvolvimento de software levam, em média quase 20% mais tempo do que o processo de RAD.


•Redução do tempo de desenvolvimento;


•Custosmenores;


•Alta interação com o usuário;


•Respostas rápidas a mudanças


2.1 Desvantagens


•Não é recomendável para projetos grandiosos.


•Custo do conjunto de ferramentas e hardware para rodar a aplicação;


•O envolvimento com o usuário tem que ser ativo;


3. Projetos apropriados para RAD


O RAD não é adequado para todos os projetos. Ele é indicado para projetosonde o escopo é pequeno ou trabalho pode ser dividido em partes gerenciáveis. As equipes de projeto também devem ser pequenas, de preferência duas a seis pessoas, e deve ter experiência com todas as tecnologias que estão a ser utilizados.


É importante ter os objetivos de negócio definidos para a inicialização do projeto, pois a utilização do RAD é indicado para projetos com escopo simples edefinido. Visando manter o projeto dentro de um tempo curto, as decisões devem ser capazes de ser feita rapidamente, é importante nessa fase que o projeto tenha de preferência apenas um tomador de decisões e ele precisa compreender e concordar com o RAD.3. CD-ROMs and Printed Proceedings


4. Ferramentas RAD


Um dos principais objetivos da metodologia desenvolvido por James Martin no finalde 1980 era de aproveitar a última tecnologia disponível para acelerar o desenvolvimento. Obviamente a tecnologia de 1980 é ultrapassada nos dias atuais, mas o foco da RAD das últimas ferramentas é tão importante hoje como era quando a metodologia foi inicialmente criada.










5. Processo


Abaixo está uma breve descrição do processo de RAD, que consiste em quatro fases do...
tracking img