Artigo derivativos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2315 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTRUMENTOS FINANCEIROS DERIVATIVOS

1 INTRODUÇÃO



O mercado de valores mobiliários opera segundo regras bem estabelecidas pelas autoridades reguladoras. E são essas regras que a maioria dos investidores, corretores de valores e administradores de portfólios operam.

Entretanto existem outros caminhos para o investimento que devem ser levados em conta: os mercados deopções e os mercados de commodities oferecem aos administradores de portfólios os instrumentos para diversificar a flutuação sistemática nos preços do mercado de ações.

Quando o mercado está em baixa e investir em ações se torna indesejável, o investidor pode encontrar uma situação lucrativa de refúgio para os seus capitais em opção ou em commodities.

Investimento envolve,normalmente, a aplicação de dinheiro em um ativo, o qual não é necessariamente comerciável, buscando desfrutar uma série de lucros esperados desse investimento. Por outro lado, especulação é normalmente um fenômeno de curto prazo.

Especuladores tendem a comprar ativos com a expectativa que um lucro pode ser realizado com uma mudança de preço subseqüente, e a conseqüente venda do ativo.Tipicamente, especuladores compram ativos de mercado que não planejam possuir por muito tempo; contudo, fazendo uma série sucessiva de especulações, investimentos a longo prazo podem ser feitos em mercados especulativos.

Apesar de suas diferenças básicas, especulação e investimento podem ocorrer ao mesmo tempo, no mesmo lugar e com o mesmo ativo. Por exemplo: dois investidores poderiamcomprar ações da Companhia XYZ, mas com objetivos diferentes. O investidor compraria ações da Companhia XYZ porque ele acredita que a companhia aumentaria em valor e pagaria dividendos ao longo dos anos futuros. Ao mesmo tempo, um especulador poderia comprar ações da Companhia XYZ porque espera uma elevação de preço na semana seguinte, quando venderá ação e espera realizar um lucro rápido. Nestecaso, não só é impossível para um observador distinguir entre especulação e investimento, como um deles pode se transformar no outro, sem que se perceba a mudança.

Provavelmente o melhor modo para se fazer uma distinção entre investimento e especulação é considerar as expectativas do aplicador. Investimentos são feitos, normalmente, com a expectativa de que um certo fluxo de renda ouum certo preço, já praticado, não mudarão no futuro. Especulações, por sua vez, são normalmente baseadas na expectativa de que alguma mudança ocorrerá. Uma mudança esperada é uma base para a especulação, mas não para um investimento.

Mercados especulativos têm se desenvolvido durante os anos com o propósito exclusivo de transações especulativas. Bolsas de mercadorias, mercados deopções sobre ações e mercados de câmbio, em conjunto, compõem um ativo e diário comércio de transações especulativas. Os preços dos ativos transacionados nesses mercados são publicados diariamente nos jornais financeiros, e investidores existem que se especializam em cada tipo de especulação No restante deste texto examinaremos que especulação não é o jogo pernicioso que algumas pessoas pensam ser. Aocontrário, a especulação executa funções úteis para a sociedade e oferece chances excelentes para diversificar riscos e proteger-se deles.

O propósito deste texto é estudar o mercado de derivativos de primeira geração: opções de venda e opções de compra, contratos a termo e contratos a futuro.




2 3 CONTRATOS FUTUROS – POSIÇÃO CURTA E LONGA




Uma venda curtade papéis envolve a venda de um papel que não se possui e, simultaneamente, a tomada por empréstimo de uma quantidade suficiente desses papéis, para entregar ao comprador.

O vendedor curto espera que o preço do papel decline, de forma que quando comprar os papéis para devolvê-las ao emprestador, possa fazê-lo, a um preço mais baixo, realizando, assim, um lucro. Esse lucro é a...
tracking img