Artigo de literatura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2568 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O PROCESSO DE ACULTU RAÇÃO E O PRECONCEITO RACIAL NA OBRA NEGRINHA DE MONTEIRO LOBATO

Ernestina Mendes dos Santos¹




RESUMO – O processo de aculturação e o preconceito racial em Negrinha e em Os Negros de Monteiro Lobato, escrito no início do século XX giram em torno da busca da brasilidade, como firmação da identidade negra, relacionando as questões raciais e étnicas da sociedadebrasileira. Neste contexto, os negros introduziram sua cultura na sociedade da época, assim como, receberam influências sofrendo um processo de aculturação e transformação em sua cultura. Deste modo, lutam pela independência e liberdade de seu desenvolvimento social, as características raciais são permeadas pelo processo de aceitação, adaptação e inferioridade derivado das opressões ocorridas durante eapós o período escravocrata no Brasil. A subjugação do negro nos contos Negrinha e As Fitas da Vida retrata os atos injustos em contrastes com atos de compaixão da sociedade moderna, os elementos já descritos nos dá subsídios para relacionar o mundo coeso com os nossos antepassados, haja vista, que a questão racial norteia nossa atual sociedade.


Palavras-chaves: Racismo, identidade negra,preconceito, escravos, aculturação e sociedade.


EL PRECONCEITO RACIAL Y EL ACULTURACION EN LA OBRA NEGRITA DE MONTEIRO LOBATO

ABSTRACTO – El proceso del aculturación y lo preconcepto racial en Negrita y en Los Negros de Monteiro Lobato escrito en el inicio del siglo XX, gira en rededor de la busca de la brasilidade, como definitivo de la identidad negra, relacionando las cuestiones de lasraciales y étnicas de la sociedad brasileña. Este contexto, los negros introducirán su cultura en la sociedad de la época, así como, recebaran influencias sofriendo un proceso de aculturación en su cultura. En este modo, luchan por su independencia y libertad de su desenvolvimiento social, las características raciales son permeadas por el proceso de aceptación, adaptación y inferioridadderivado de las opresiones ocurridas durante y después del periodo escravocrata en el Brasil. La subyugación del negro nos cuetos Negrita y Las Fitas de la Vida retrata los actos injustos en contraste con los actos de compasión de la sociedad moderna, los elementos ya descritos nos ha dado subsidios para relacionar el mundo coevo con nuestro antepasados, aunque la cuestione raciales nortea nuestraactual sociedad.

Palabras – clave: Racismo, identidad negra, preconcepto, esclavos, aculturación y sociedad.




¹ Ernestina Mendes dos Santos, ² Fábio Gonçalves Soares, Acadêmicos do Curso de Licenciatura em Letras da Universidade do Estado do Amapá.
O PROCESSO DE ACULTURAÇÃO E O PRECONCEITO RACIAL NA OBRA NEGRINHA DE MONTEIRO LOBATO



Tanto em Negrinha como em Os Negros deMonteiro Lobato, o processo de aculturação e o preconceito racial vivenciados pelas personagens, caracteriza de forma contundente o papel do negro na sociedade do século XX, nesse período começava os primeiros anos da República no Brasil que era governado por presidentes militares, fase denominada República da Espada (1889 a 1894). A ela seguiu-se um período caracterizado por presidentes ligadosàs oligarquias rurais a chamada nobreza fundiária, constituídas por cafeicultores de São Paulo e pecuarista de Minas Gerais, momento da historia que ficou conhecido como República do café-com-leite (1894 a 1930).
Neste contexto os negros escravos que haviam conquistado sua liberdade por meio da abolição da escravatura através da Lei Áurea, eram marginalizados e seu trabalho erasubstituído pelos imigrantes europeus, que chegavam para trabalhar nas lavouras ou nas indústrias recém- criadas com uma mão-de-obra barata, eram submetidos a condições de trabalhos humilhantes. Momento em que os negros são colocados como libertos e cidadãos. Neste sentido, questiona se o negro era apto ou não para a liberdade, assim o negro era considerado como um homem livre e não como um liberto,...
tracking img