Artigo cientifico sobre as dcn’s de acordo com a realidade de uma escola estadual de um município de alto oeste potiguar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4080 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ARTIGO CIENTIFICO SOBRE AS DCN’s DE ACORDO COM A REALIDADE DE UMA ESCOLA ESTADUAL DE UM MUNICÍPIO DE ALTO OESTE POTIGUAR.

Deyvson Alexandre Ferreira
José Ednardo Soares Pereira da Silva¹
Mayra Garcia Soares¹
Maria Priscilla Cibelle Ferreira Silva

RESUMO: A educação caracterizou-se através da historia como uma arma de reprodução social de força de trabalho. Com o passar do tempo o sistemaeducacional brasileiro moldou-se e funciona através de norteadores como as Diretrizes Curriculares Nacionais – DCN’s. Desde modo o presente trabalho objetiva-se analisar a relação entre as DCNs e o que é posto na realidade pelo Projeto Político-Pedagógico (PPP) da escola, avaliando as condições da prática do ensino e se este condiz com uma formação cidadã dos alunos em sua formação fundamental emédia. Para a consolidação do trabalho foi desenvolvida uma captação da realidade em uma escola estadual de um município de médio porte do Alto Oeste Potiguar, onde usamos como instrumento de coleta de dados um roteiro de entrevista realizado com a coordenadora pedagógica da instituição e para melhor embasamento teórico nos apropriamos de artigos da base de dados Scielo (Scientific EletronicLibrary Online) e das DCNs referentes ao ensino fundamental e médio. O artigo denota para problemas visualizados na instituição como a pouca valorização do magistério, o perfil do aluno que se encontra na referente escola, a autonomia como ponto indispensável para o bom desenvolvimento educacional e a participação familiar na escola em seu âmbito positivo e negativo. A partir disso destacamos anecessidade de elaboração de algumas intervenções para com a instituição de ensino como forma de melhorar a sua qualidade.
PALAVRAS-CHAVE: DCN’s; educação; aluno.

Introdução

Partindo de um contexto histórico sobre a educação brasileira podemos perceber o quanto a mesma teve de passar por tantos entraves para se construir até chegar ao sistema que se constitui hoje. O sistema educacional na épocaem que o Brasil estava em seu período colonial era praticamente inexistente, apesar de existir um sistema educacional montado pelos Jesuítas que cumpria com uma série de funções importantes para a coroa portuguesa (o Estado).
No Brasil Colônia a escola era “dispensável” porque não havia nenhuma brecha de reprodução de força de trabalho que mostrasse a necessidade de preenchimento pela “escola”,uma vez que nessa época não se necessitava tanto de mão de obra qualificada. Como havia um sistema educacional montado pelos Jesuítas, restavam-lhe duas funções: a de Reprodução das relações de dominação e a de Reprodução da ideologia dominante. Desta maneira, as escolas dos Jesuítas preenchiam perfeitamente estas necessidades e assegurava a própria reprodução da população escravocrata, Freitag(1986) diz isso ao mostrar:
Que importância poderia ter a educação dentro de tal formação social? A monocultura latifundiária exigia um mínimo de qualificação e diversificação da força de trabalho. Essa se compunha quase que exclusivamente de escravos trazidos da África. Portanto, não havia nenhuma função de reprodução da força de trabalho a ser preenchida pela escola.
[...]
À escola, comomecanismo de re-alocação dos indivíduos na estrutura de classes, era, portanto, dispensável. Restavam-lhe ainda duas funções: a de reprodução das relações de dominação e a de reprodução da ideologia dominante.
A escola formava também teólogos e bacharéis em direito, medicina e belas artes, preparava quem estaria nas administrações da colônia, e desta forma ela não apenas participava da política daépoca, mas adentrava e controlava o seu seio por meio de uma poderosa arma, a educação. Desta maneira podemos perceber como a escola torna-se uma arma importante, pois se podermos perceber a Igreja Católica, através dos Jesuítas e suas escolas, ajudaram os colonizadores a subjulgar os índios e escravizar os negros. Freitag (1986) mais uma vez demonstra este pensamento quando cita:
Os jesuítas, além...
tracking img