Artigo brf

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4155 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Giselle Cristine Ribeiro Lazarotti

INTERNACIONALIZAÇÃO BRF

Belo Horizonte
2010



Giselle Cristine Ribeiro Lazarotti

INTERNACIONALIZAÇÃO BRF

Trabalho desenvolvido para obtenção de créditos parciais da Disciplina Negócios Internacionais do curso de Administração com Habilitação em Comércio Exterior da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas do Centro Universitário UNA.Professora Orientadora: Cristiane Amaral Serpa

Belo Horizonte
2010

1 – HISTÓRIA DA BRF
A história da Brasil Foods se inicia em 2008 com a “União” das duas marcas mais expressivas e até então concorrentes no mercado brasileiro de comercialização de carnes in natura e processadas, Sadia e Perdigão. O termo União foi utilizado por ambasas empresas por motivos mercadológicos, mas na realidade esse processo foi uma aquisição onde a Perdigão comprou ações majoritárias da Sadia e tornou-se detentora de grande parte do poder da empresa.
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) permitiu a aquisição da Sadia pela Perdigão, porém as empresas por enquanto devem manter as marcas, fábricas, marketing e estruturasadministrativas separados e o nível de emprego deve ser preservado. Porém segundo reportagem da revista exame de janeiro deste ano, o Cade liberou dois pedido para que as empresas possam fazer compras em conjunto de carnes, insumos e serviços no que diz respeito a insumos e produtos para produção de bovinos.
Iniciadas suas operações como Brasil Foods, a companhia enfrentou um prejuízo líquido de R$ 2,43bilhões. A receita líquida em 2009 foi de R$ 20,94 bilhões, obtendo um lucro líquido de R$ 228 milhões.
A empresa prevê investimentos na ordem de R$ 2,3 bilhões até 2011 e se destaca na qualidade e inovação dos seus produtos, oferecendo assim, um contínuo desenvolvimento de novos produtos, investindo em qualidade e novas tecnologias.
Os investimentos também estão voltados para a sustentabilidade epesquisa, onde a água e a energia são as principais preocupações da BRF, sempre dando apoio aos funcionários, comunidades e meio ambiente. A BRF está incluída no Índice de Sustentabilidade Bovespa e em 2006 foi criado o Instituto Perdigão de Sustentabilidade.Essas ações justificam o posicionamento da BRF no mercado e dão base para um crescimento de cerca de 10% anual.
A BRF é líder de mercadomundial de comercialização de carnes processadas de aves detendo 25% do total de comercialização mundial, está entre as 10 maiores empresas de comercialização e abate de suínos e se destaca pela expressiva capitação de leite no mercado brasileiro e é a quarta maior empresa exportadora o país.
Este posicionamento é refletido em uma carteira de mais de 1.500 itens que são destinados para os mercadosinterno e externo, inclusive com marcas Perdigão, Chester, Turma da Mônica, Batavo, Borella, Perdix, Confiança e Elegê, entre outros.
A empresa emprega atualmente mais de 57.000 pessoas e opera unidades industriais em oito estados brasileiros, assim como outros quatro no exterior (Argentina, Reino Unido, Holanda e Roménia). escritórios comerciais da empresa estão estabelecidas no Reino Unido,Holanda, Hungria, Espanha, Áustria, Itália, França, Rússia, Emirados Árabes Unidos (Dubai), Cingapura, Japão e Ilha da Madeira (Portugal), e também há uma distribuição centro, na Holanda.
Com a aquisição da Sadia pela Perdigão, a BRF ganha em poder de mercado, diversifica ainda mais o risco e principalmente tem possibilidade de entrada em novos mercados e novas industrias, tanto interna comoexternamente falando. Agora ocupa o primeiro lugar em processamento de carne de frango do mundo.
Segundo uma entrevista do presidente da perdigão Nildemar Sacches ao jornal o Globo no dia 19/05/2009, com a criação da BRF, o objetivo no âmbito internacional é fortalecer a empresa e aumentar o número de clientes externos com exportações que hoje giram em torno de 42% da capacidade de produção total....
tracking img