Artigo bibliotecas universitarias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5999 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo

Este artigo apresenta o Sistema de Bibliotecas da UFG (Sibi/UFG) que é vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), composto por oito unidades, sendo uma central e sete setoriais. Tem como objetivo apresentar os diversos serviços oferecidos pela mesma , sendo alguns deles restritos à comunidade da UFG – que é composta por estudantes de graduação e de pós-graduação, servidores docentes e técnico-administrativos ativos e inativos. Sendo, portanto um centro de referência em informação local, nacional e internacional para colaborar no desenvolvimento intelectual e científico de todos os segmentos da sociedade que necessitam do insumo informacional para seu desenvolvimento.

Palavras chaves: Sibi/UFG; biblioteca;COMUT;

HISTÓRICO

2.1 Evolução dabiblioteca e da sua prestação de serviços

Historicamente o acesso à informação no Brasil sempre foi definido pelo poder aquisitivo. A vinda da Biblioteca e da Imprensa Real também não representou indicadores efetivos do acesso e da disponibilidade de informação para toda a sociedade. No entanto, no dia 5 de fevereiro de 1811, Pedro Gomes Ferrão de Castello Branco encaminhou um projeto ao governadorda Capitania da Bahia, solicitando a aprovação do plano para a fundação da Biblioteca. A biblioteca era legalmente criada por um decreto estadual, no entanto a falta de visão dos administradores era grande, pois geralmente não havia previsão da infra-estrutura necessária. O ônus da imagem dessas instituições provocou um retraimento do possível público usuário. De fato, tanto na República Velhacomo na Primeira República, biblioteca era sinônimo de livro. Era fácil perceber a preocupação com a preservação do material impresso. O modelo basicamente era uma cópia do utilizado nos países desenvolvidos na época (OLIVEIRA, 1994).
Portanto, era um modelo reflexo, baseado em uma realidade que não era a do povo brasileiro.
Em 1937, o Governo Vargas criou o Instituto Nacional do Livro, com afinalidade de propiciar meios para a produção, o aprimoramento do livro e a melhoria dos serviços bibliotecários. Historicamente, a criação do Instituto Nacional do Livro deve-se a dois fatos. Logo após a criação do Instituto Nacional do Livro, começaram a surgir críticas sobre a sua viabilidade.
Se de um lado era extremamente difícil incentivar o desenvolvimento da indústria editorial, muito maisdifícil era propiciar os meios adequados para a melhoria dos serviços bibliotecários. A desordem era geral, pois não havia dados e diagnósticos para apontar a situação catastrófica da indústria editorial e dos serviços bibliotecários. À medida que esses alunos ocupavam os assentos das bibliotecas públicas em sua maioria, houve um retraimento da população adulta, ou seja, ocorreu o fenômeno daescolarização da biblioteca pública, que passou a dar prioridade para o atendimento estudantil em detrimento a outros segmentos da comunidade que também necessitavam dos serviços bibliotecários. Até então, eles não participavam do processo de tomada de decisão e não eram ouvidos pelos profissionais da informação. Na década de 80, levantamentos comprovaram que a faixa de usuários era pequena e que oimportante na política bibliotecária era atingir a grossa fatia dos não-usuários. A obtenção da informação, para a população carente, era de difícil acesso (OLIVEIRA, 1994).

2.2
Produtos e serviços oferecidos pelo Sibi/UFG
Missão do Sibi/UFG

Atender, com qualidade, rapidez e eficiência, as necessidades e expectativas do ensino, pesquisa e extensão na UFG, oferecendo serviços e produtos eminformação que acompanhem as transformações tecnológicas e sociais.

Produtos e Serviços

ACERVOS DEPOSITADOS NAS BIBLIOTECAS

Geral –livros em geral, incluindo de literatura.

Teses e dissertações –teses e dissertações produzidas nos programas de pós-graduação da UFG.

Algumas bibliotecas da UFG possuem apenas o Acervo Geral.

Catalogação na Fonte x Ficha catalográfica

A ficha...
tracking img