Articulação entre comunidade e escola

Páginas: 7 (1535 palavras) Publicado: 6 de novembro de 2011
ARTICULAÇÃO ENTRE COMUNIDADE E ESCOLA: A EXPERIÊNCIA DO COTIDIANO DA UNIDADE PEDAGÓGICA SÃO BENEDITO – ILHA COMBU

Maria Silene da Silva Teixeira – sileneteixeira@yahoo.com.br
SEMEC/Belém

I – INTRODUÇÃO

"É a escola cidadã, que forma cidadãos conscientes e por inteiro, que na busca de sua felicidade pessoal sejam também integrados à comunidade em que vivem, capazes de pensar, associaridéias, inventar e interferir, sob as mais diversas maneiras, na estrutura da sociedade, a fim de melhorá-la !" - Vera Vaz

Amparados pela Constituição Federal que nos assegura que a escola deve ser democrática, isto é, ela deve dialogar com a comunidade e estar aberta a todos, a equipe técnica pedagógica desta UP, busca desenvolver um trabalho integrado entre escola e comunidade, ondeesta participe de ações sociais significativas para a própria comunidade.
O presente pôster tem por objetivo situar à história da Unidade Pedagógica São Benedito e ao mesmo tempo refletiremos sobre a importância da Unidade Pedagógica - UP para o cotidiano desta comunidade ribeirinha.
As atividades da UP iniciaram em agosto de 2007 na residência da Sra. Amélia Cardoso Reis, membro dacomunidade ribeirinha da costa do Combu, funcionando com duas turmas multisseriadas do Ensino Fundamental, organizadas em Ciclos, assim especificados: CI – 1º 2º e 3º anos e CII – 1º e 2º anos.
No início de 2008, com a demanda de pais/responsáveis a procura de vaga, nesta Unidade, houve a necessidade de um espaço maior para acomodação dos alunos. Então a líder comunitária Sra. Maria Auxiliadora Natividadeda Trindade assinou o contrato com a SEMEC, cedendo um barracão localizado na ilha do Maracujá que fica no município do Acará. Esta senhora passou a coordenar e a ensinar a turma de Educação Infantil e em janeiro de 2009, por motivos particulares, a então coordenadora e professora pede afastamento do cargo.
Em 2010, novamente, houve a necessidade de se estruturar uma nova equipe de trabalho ecom ela uma nova oportunidade para que a UP tivesse um novo espaço físico, desta vez com três salas individuais para que cada professor desenvolvesse as atividades referentes ao atendimento do Ciclo, biblioteca, sala de leitura, refeitório, cozinha e banheiro. Vale ressaltar que alguns compartimentos da UP, como banheiro e refeitório, foram construídos com ajuda da própria comunidade.
Avaliamos serde extrema importância o resgate histórico desta UP, para que o leitor tenha uma visão “aproximada” das dificuldades enfrentadas por profissionais e comunidade no processo de consolidação da estrutura educacional para população ribeirinha nesta região.
A comunidade (ilhas) que circundam a UP possui aproximadamente 306 famílias residentes. Destas, cinqüenta e cinco (55) tem filhos matriculadosnesta UP, num total de setenta e cinco (75) alunos na faixa etária de quatro (4) a dezesseis (16) anos.
Estas comunidades rurais-ribeirinhas apresentam traços característicos afins e ao mesmo tempo heterogêneos, que desenham suas paisagens identidades sociais, culturais, políticas, econômicas e ambientais num mapa amplo e complexo que caracterizam as sociedades rurais amazônicas pela diversidade emulticulturalidade.
Dentre as características comuns, observamos, por exemplo, a inexistência de saneamento básico; água tratada; energia elétrica (quando existe, é transmitida por geradores a óleo ou a bateria) e unidades de saúde, (a mais próxima se localiza no igarapé do combu ou na cidade de Belém-PA).
A alimentação é proveniente da pesca de peixe e camarão ou das criações (galinha, pato,porco), do extrativismo, principalmente do açaí e de frutas regionais (pupunha, cupuaçú, palmito, cacau, jambo, tabereba, buriti, biribá e outros), predominantemente para a própria subsistência da família e da comunidade.
Como a área em que as cinqüenta e cinco (55) famílias estão localizadas é abrangente e diverso (rio Guamá, furo do São Benedito, igarapés do maracujá e maracujazinho),...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A escola e a comunidade
  • A comunidade na escola
  • Comunidade e escola
  • ESCOLA E COMUNIDADE
  • escola comunidade
  • Escola e Comunidade
  • A Escola e a Comunidade
  • escola e comunidade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!