Arte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1666 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Questão 01 - (FATEC SP)

“A produção açucareira, limitada até o século XV, pôde deslanchar com a conquista do novo mundo.”
(CAMPOS, Flávio de & MIRANDA, Renan Garcia. A escrita da história.
São Paulo: Editora Escala Educacional, 2005.p.206.)

A explicação para a afirmação acima está

a) no sistema de plantation que foi implantado na América, caracterizando-se pela produção emlarga escala, pelo latifúndio, pela monocultura e pela mão de obra assalariada.
b) na implantação das capitanias hereditárias na América portuguesa, o que facilitou o cultivo da cana por todo o território colonial.
c) na agricultura de subsistência, que foi largamente utilizada nas colônias americanas e que impulsionou o plantio da cana.
d) nas mudas de cana-de-açúcar encontradas emsolo americano, que eram mudas de melhor qualidade do que aquelas encontradas no Oriente.
e) no clima quente e úmido da região tropical, na fertilidade do solo e, principalmente, na disponibilidade de imensas extensões de terra.

Questão 02 - (UFRN)

O gráfico abaixo mostra a destacada posição da agroindústria açucareira na economia do Brasil Colonial.

[pic]

Na análise histórica,esses dados se tornam significativos quando relacionados a outras dimensões da sociedade na mesma época. Neste sentido, é correto afirmar que, além de fornecer um importante produto para o comércio mundial, a agroindústria do açúcar

a) favoreceu a diversificação da economia colonial, uma vez que os lucros da produção açucareira foram investidos na implantação de manufaturas na colônia.b) ocasionou a ampliação do território da colônia portuguesa para além dos limites estabelecidos pelo Tratado de Tordesilhas, à medida que se expandia o cultivo da cana-de-açúcar.
c) incorporou efetivamente ao domínio português as regiões banhadas pelo rio São Francisco, onde se instalaram engenhos, que utilizavam a água do rio em obras de irrigação.
d) vinculou a exploração das terrasamericanas à África, fornecedora de mão de obra, e serviu de alternativa à economia portuguesa, a partir da crise no comércio com o Oriente.

Questão 03 - (UFG GO)

No século XVIII, um dos instrumentos utilizados para a extração de ouro em Goiás foi a bateia: um prato na forma de cone, com o qual os mineradores executavam um movimento circular, separando o solo proveniente do leito dos rios eo ouro. A utilização desse instrumento na atividade mineradora

a) demonstrava o interesse pelo desenvolvimento técnico da mineração, com inserção de mecanismos de retardamento do processo de decantação.
b) demandava mão de obra especializada, capaz de estabelecer critérios de contraste entre translucidez aurífera e opacidade da bateia.
c) isentava a obrigatoriedade régia da fundiçãodo ouro,ao facilitar a extração do minério, quando exposto ao sol, por meio da refração.
d) dispensava a utilização de outros instrumentos de trabalho, tendo em vista a eficiência do processo de decantação aplicado ao sistema de extração.
e) tornava o trabalho nas minas desgastante, pois havia a exigência constante em produzir um processo de centrifugação na bateia.

Questão 04 - (UFGGO)

Leia o fragmento a seguir.

Que sejam trazidos duzentos carneiros de cargas, daqueles que costumam trazer e carregar a prata de Potosi, para acarrear o ouro e a prata.
HOLANDA, Sérgio Buarque. Visão do paraíso.
São Paulo: Brasiliense, 1994, p. 97. (Adaptado).

O fragmento apresentado, de 1609, destaca uma das medidas tomadas por D. Francisco de Sousa, governador-geral doBrasil, para intensificar a busca por metais e pedras preciosas no interior do território. Nesse documento, o imaginário colonial português se constitui pela influência

a) da notícia sobre as riquezas do território espanhol, que circulava na colônia portuguesa.
b) do consumo interno de especiarias espanholas, que tornava a vida cotidiana na colônia mais aprazível.
c) da quantidade de...
tracking img