Arte terapia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1277 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Ano letivo 2012/2013
3º Técnico de Apoio Psicossocial
Sociologia/Psicopatologia
Aulas de Reposição

Esquizofrenia



Trabalho realizado por:
Ana Abrantes nº22 3ºAP

Indice

O que é?..........................................................................................pag.3
Comocomeça?...........................................................................................pag.5
O diagnóstico………………………………………………………..pag.6
O que causa?....................................................................................pag.7
Como reconhecer o início da doença?.............................................pag.9
A família de um esquizofrénico………………..…………………...pag.11
Net Grafia……………………………………..……………………..pag.12















O que é?

Esquizofrenia éconsiderada pela psicopatologia um tipo de sofrimento psíquico grave, caracterizado principalmente pela alteração de contato com a realidade. Esta doença é caracterizada pelas alucinações visuais, sinestésicas ou auditivas, delírios, catatonia e/ou sintomas depressivos. Juntamente com o transtorno delirante persistente, o transtorno esquizofreniforme e o transtorno esquizoafetivo, asesquizofrenias compõem o grupo das psicoses.
1.Sintomas positivos: São os sintomas da psicose descritos acima. Delírios e alucinações (especialmente auditivas) são os mais comuns.
2. Sintomas negativos: São sintomas de perda das características usuais. Pode ser perda da resposta afetiva, da expressão verbal, da motivação pessoal, da atenção ao ambiente, da interação social...
3. Alterações cognitivas:Diminuição da atenção, capacidade de raciocínio, da memória, da linguagem e da capacidade em realizar funções
4. Alterações na afetividade: Problemas de humor com mudanças repentinas, manifestações inapropriadas ou bizarras de afetividade ou comportamento. Depressão é comum após períodos de exacerbação da psicose.

De acordo com o conjunto de sintomas, a esquizofrenia é dividida em 5 subtipos:- Paranoide = São os doentes que apresentam delírios e alucinações, sem alterações no pensamento lógico, na afetividade ou comportamento. É o subtipo que apresenta o melhor prognóstico. São pacientes que conseguem manter o emprego e o relacionamento familiar. Como são os que mais percebem a doença, é o subgrupo com maior taxa de suicídio.

- Desorganizado = São os doentes com pensamentodesorganizado e comportamento bizarro e inapropriado. Apresentam o pior prognóstico, com maior taxa de incapacidade funcional, perda de relacionamento e necessidade de institucionalização.

- Catatônico = São os paciente que perdem interação com ambiente e assumem posturas estranhas. Não atendem a solicitações e resistem a tentativas de movê-los. A catatonia ocorre episodicamente.

- Residual= São pacientes que apresentam longos períodos de ausência dos sintomas positivos, porém apresentam outros sintomas de modo discreto, como alterações no pensamento e afetividade.

- Indiferenciado = São os que não se encaixam em nenhuma das categorias anteriores, apresentando sintomas de mais de um subtipo.










Como começa?

A esquizofrenia pode desenvolver-se gradualmente,tão lentamente que o paciente nem as pessoas próximas se apercebem. Por outro lado existem pacientes, em que esta doença se manifesta rapidamente, numa questão de semanas ou até mesmo dias.
Geralmente a esquizofrenia começa durante a adolescência ou quando jovem adulto. Os sintomas aparecem gradualmente ao longo de meses a família e os amigos que mantêm contato frequente podem mesmo não notarnada.
Os primeiros sintomas são a dificuldade de concentração, prejudicando o rendimento nos estudos; estados de tensão de origem desconhecida e desinteresse pelas atividades sociais com consequente o isolamento.











O Diagnóstico

O diagnóstico é formado pelo conjunto de sintomas que o paciente apresenta e a história como esses sintomas faram surgindo e desenvolvendo....
tracking img