Arte do motocross

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3194 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
EME Prof ALCINA DANTAS FEIJÃO

ARTE DO MOTOCROSS

André Fontaniello Gallo

São Caetano do Sul
2010

Sumário

•Cap 1 Pilotos
1. Jorge Balbi

•Cap 2 Motos
2.1. Tipos de motos/ Diferenças

•Cap 3 Pistas
3.1. Tipos de pistas e suas dificuldades

•Cap 4 Modalidades
4.1.Enduro
4.2. MotoCross/ Supercross
4.3. Cross Country
4.4. Supermoto
4.5. Freestyle

•Cap 5 Relevância Social
5,1, Motocross no Brasil e suas vantagens.

Conclusão

Bibliografia

Introdução

Esta monografia tem como objetivo mostrar o mundo do MotoCross, qual sua origem e quais suas dificuldades, pilotos e modalidades. O autor escolheu esse tema, pois além de ser piloto, acha queo esporte é pouco divulgado no Brasil. O MotoCross no Brasil poderia ser uma ótima forma de aumentar o turismo já que o investimento do exterior no exporte é muito grande, e o país possui ótimas condições geográficas e clima favorável para a realização das provas do esporte, além de gerar renda ás pessoas que investem e que trabalham durante os eventos.
O tema está dividido em sete partes.A primeira mostra a origem do esporte na Europa e no Brasil. A segunda mostra um piloto brasileiro que é destaque nos EUA e outros dois pilotos brasileiros famosos na Brasil. A terceira parte mostra os diferentes tipos de motos. A quarta parte mostra os diferentes tipos de pistas e suas dificuldades. A quinta destaca todas as modalidades do esporte e suas diferenças para outros tipos demodalidades automobilísticas. A sexta mostra os benefícios que o esporte traria se fosse mais explorado no Brasil e os impactos ambientais causados pelo esporte e a sétima mostra as sensações de um piloto de um piloto de MotoCross A monografia foi feita com base em pesquisa na internet, autoconhecimento do Autor, pesquisa de campo e revistas.

Capítulo 1 – Origem do MotoCross

1.1. - OrigemUma corrida de velocidade em circuito fechado, sobre terreno acidentado com buracos, saltos, inclinações, curvas e obstáculos dos mais diversos tipos, é praticamente uma arte - a arte do MotoCross. Foi na Inglaterra que a pacata moda de passear pelo campo, andar entre árvores e pelo leito dos riachos acabou gerando competições acirradas. Segundo a Federação Internacional de Motociclismo - FIM,trata-se de uma prova em circuito fora de estrada, com obstáculos naturais.

Nessa primeira fase, as provas eram pontuadas de acordo com o número de faltas cometidas pelos concorrentes em trechos controlados por fiscais. Isso ainda não era MotoCross: parecia mais uma prova de Trial ou de regularidade. Insatisfeitos, os ingleses colocaram novas regras no jogo. O percurso passou a sertotalmente delimitado, transformando-se num circuito fechado e protegido do público. Uma vez lá dentro, salvem-se quem puder. Ganha o mais rápido. Essa nova modalidade foi chamada de Scramble, e por muito tempo foi dominada pelos ingleses. A partir de 1920, quando começou a ser conhecido na Holanda e Bélgica, é que o esporte ganhou o nome de MotoCross.

No princípio, o MotoCross erapraticado com máquinas inglesas derivadas das motos de turismo de série, mas muito rapidamente se percebeu que embora modificadas, essas motos ainda eram muito pesadas e pouco ágeis. Foi o piloto inglês Brian Stonebridge quem construiu a primeira motocicleta específica para a modalidade, a partir de um motor de 197 cc. Mais tarde esse motor teve a sua cilindrada aumentada para 250 cc e para 500 cc. Aprimeira competição internacional foi na França, em 1939, mas por muito tempo o MotoCross não seria reconhecido internacionalmente como esporte. Só em 1952 foi declarado oficialmente o primeiro campeão da Europa, na única categoria disputada: a de 500 cc.

1.2. Sua origem no Brasil

Os campeonatos brasileiros de MotoCross começaram na década de 70 e possuem, atualmente, as seguintes...
tracking img