Ars movere

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2365 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sejam Bem Vindos:

Palestra: Motivação Pessoal.
Ministrante: Jonathan Alves.
Parcerias:
Carga Horária: 120 minutos

Conteúdo

* Introdução;
* Conceitos de “Motivação”;
* Motivação Pessoal e Empresarial;
* Benefícios da “Motivação”;
* Desmotivação;
* Dinâmica do Elo;
* Vídeo Motivacional;
* Considerações Finais;
* Apelo Social.

Introdução:

“Quemquer fazer alguma coisa, encontra um meio”.
“Quem não quer fazer nada sempre encontra uma desculpa.”

Provérbio Popular

“ Ao contrário das máquinas e aparelhagens tecnológicas, nós seres humanos além de necessidades fisiológicas, encontramo-nos cercados de princípios e conceitos próprios. A nossa “Motivação” está moldada ao âmbito transitivo de nosso psicológico emocional que éacondicionado por nossos erros e acertos; lucros e perdas; por nossos sucessos e fracassos.
Ao longo desse trabalho abordaremos as principais questões “motivacionais” de um indivíduo, buscando compreender as suas necessidades e limitações, colocando-nos em uma balança onde estarão em peso, as nossas atitudes que podem gerar uma grande oportunidade de crescimento ou uma decepção.
“Aprenderemos alidar com os nossos conflitos pessoais e sociais buscando através do tempo dominar nosso subconsciente.”
Nós somos responsáveis por nós mesmos, nossos fundamentos e crenças são fatores que através do tempo moldam a nossa personalidade, nos dão certa noção do que é certo ou errado; porém deixar que esses pré-conceitos nos dominem é masoquismo.
Além de nos dar incertezas sobre quem nós somos, nostrás também a incerteza de quem nós queremos ser.
Nós somos capazes de construir, projetar, inovar cada vez mais, não podemos deixar que nossos pensamentos sejam cativos de nossos medos e frustrações, devemos arriscar no inédito e navegar sem medo ridículo.
As grandes idéias sempre vêem de onde nós menos esperamos, todos os grandes filósofos e cientistas eram tidos como loucos em sua época,mas perseveraram com a sua loucura, se não fosse o domínio sobre si próprio jamais teriam construído algo, a vida nem sempre é um mar de rosas, mas viver apertando os espinhos é um sofrimento opcional.

E aí? Vai sentir o perfume da rosa, ou prefere apertar os espinhos?

Conceito de Motivação:
Motivação: (do Latim movere, mover) no sentido psicológico, em etologia e em outras ciências humanasa condição do organismo influência a direção (orientação para um objetivo) um comportamento. Em outras palavras é o impulso interno que leva à agir.
Motivação é um construto e se refere ao direcionamento momentâneo do pensamento, da atenção, da ação a um objetivo visto pelo indivíduo como positivo. Esse direcionamento ativa o comportamento e engloba conceitos tão diversos como anseio,desejo, vontade, esforço, sonho, esperança entre outros.
Portanto entendemos que motivação é uma “força ou grandeza” pscológica pessoal ou coletiva que leva o indivíduo a ter impulsos a agir.
Motivação como impulso: é aquela em que instintos e pulsões são as forças propulsoras que resultaram na ação. É uma necessidade interna do indivíduo, ele sente uma necessidade de resolver uma “tensão” temosentão um “motivo”, mas para que este ser resolva seu conflito ele tem de consumar o ato de sua necessidade, ou seja expressá-lo fisicamente,obtemos então a “ação.” Motivação, ato de agir sobre um impulso, sobre um motivo.
Motivação como atração: é aquela em que o indivíduo possui conhecimento, mas se sente atraído a complementar o seu saber. É o querer integrar a sua necessidade aquilo que o atraícomo imã. É compactuar com o objetivo pessoal já traçado, compondo o seu motivo estratégico de fazer. É o complemento da motivação por impulso, onde o ser tem as suas preferências e espectativas.
Motivação intrínseca: é a motivação gerada pelas necessidades e motivos da pessoa, podendo não partir espontaneamente da pessoa por que a motivação é um conjunto dentre ambiente e pessoa.
Motivação...
tracking img