Arquitetura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2392 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Paulista
Instituto de Arquitetura e Urbanismo










ATIVIDADE PRATICA SUPERVISIONADA













ADEMAR RODRIGUES DE FARIA NETO
BRUNNA LEITE SOUZA
DANIELLE DE OLIVEIRA FREIRE
FERNANDA APARECIDA ROSA DE CASTRO



Orientadora: Profª. MAURO PEREIRA DA SOUZA













Campus Flamboyant
Goiânia
2011
Universidade PaulistaInstituto de Arquitetura e Urbanismo









ATIVIDADE PRATICA SUPERVISIONADA




Projeto de Pesquisa apresentada a disciplina Atividade Pratica Supervisionada da Universidade Paulista.






ADEMAR RODRIGUES DE FARIA NETO
BRUNNA LEITE SOUZA
DANIELLE DE OLIVEIRA FREIRE
FERNANDA APARECIDA ROSA DE CASTRO




Orientadora: Profª. MAUROPEREIRA DA SOUZA












Campus Flamboyant
Goiânia
2011











































“A lei suprema da arte e a representação do belo.”
Leonardo da Vinci





- INTRODUÇÃO


O projeto da praça deve atender ao programa elaborado . Deve oferecer lazer ativo e passivo e abranger todas as faixas etárias.
Aspraças devem estar localizadas em pontos estratégicos, de forma a facilitar seu acesso.
Para isso devem-se analisar os fluxos, aqueles já existentes e os novos, propostos pelo projeto.
As praças são espaços de socialização e convívio, cujo projeto deve apresentar uma leitura clara para os usuários. Neste sentido são importantes a qualificação e a acessibilidade dos espaços, conforme asua finalidade e utilização.
A circulação deve ser clara e segura, especialmente para crianças, idosas e deficientes.
Deve-se evitar áreas verdes de pequenas dimensões em pontas de quadras para que não sejam invadidas pelos confrontantes.
A luz e o sombreamento das praças devem ser equilibrados e definidos de acordo com o uso dos espaços e região onde se encontram.
Em1933 foi projetada na capital do estado de Goiás, Goiânia, a Praça Cívica doutor Pedro Ludovico Teixeira que e considerada um marco na construção da cidade.
A Praça Cívica porta importantes edifícios públicos do estado, tais como o poder executivo, o Palácio das Esmeraldas, residência oficial do governador de Goiás e o palácio Pedro Ludovico, antigo centro administrativo, responsável pelaadministração financeira do estado.
Com a transferência da capital do estado, procurou-se uma área coerente para a expansão do desenvolvimento urbano da capital.
O projeto da nova capital foi concebido pelo urbanista Attilio Corrêa Lima e executado pelos engenheiros Jerônimo e Abelardo Coimbra Bueno, em 1933 onde foi construída três principais avenidas (dois pontos) Araguaia, Goiás eTocantins, onde no encontro localiza a Praça Cívica; perpendicular a elas a Avenida Paranaíba, ligando o parque botafogo e o antigo aeroporto.Armando Godoy assumiu a direção do projeto em 1936, fazendo intervenções significativas. Vemos sua fiel presença na modificação da parte sul do projeto de Correia Lima, transformando esse espaço em um bairro residencial com inspiração do movimento dascidades jardins, o setor sul.


- IMPLANTAÇÃO DO ESPAÇO PÚBLICO
[pic]
Vista superior da Praça Civica

- MOBILIÁRIO URBANO
O mobiliário urbano, da mesma forma que a vegetação, contribui para a estruturação e organização do espaço.
Comumente utilizam-se bancos, mesas, postes de iluminação, protetores de árvores, etc.
Devem ser resistentes e exigir poucamanutenção. Para a sua especificação, consultar padrões CDHU, indicar produto disponível no mercado ou detalhar solução adotada.


Luminária está lá desde a época de Ludovico Teixeira. [pic][pic]
Orelhão
[pic]

Lixeira
Placa de sinalização
Arvore
[pic]


Coqueiro
Canteiro
Caixa / bueiro
Poste
Palmeira
Macaúba- Totem
Semáforo
Hidrante
Monumentos
Boca de lobo...
tracking img