Arquitetura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1190 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Bioclimatologia

ARQUITETURA E CLIMA

BIOCLIMATOLOGIA

ARQUITETURA

E CLIMA

01/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - escalas do clima

02/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - escalas do clima Mesoclima

LITORAL VALES

CAMPO CIDADES

FLORESTAS MONTANHAS

03/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - escalas do clima Microclima

04/33

BioclimatologiaARQUITETURA E CLIMA - variáveis do clima Radiação solar Vento

Umidade 05/33 Temperatura do ar

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - radiação solar

06/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - a carta solar

07/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - a carta solar

08/33

21 junho 11:30 h Altitude: 40° Azimute: 10°

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - a carta solar09/33

21 março 17:15 h Altitude: 10° Azimute: 275°

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA

radiação direta e difusa

10/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA

radiação direta e difusa

Lei do Cosseno Dissipação Atmosférica Duração da Luz do dia
11/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - radiação solar Interceptação da radiação pelos vegetais Intercepta entre 60 e 90%(fotossíntese) Reduz temperatura do solo Parcela de calor emitida da árvore para o solo é menor Movimento de ar pelas folhas

12/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - radiação Transferência de calor por radiação nas edificações
1. Radiação solar direta (onda curta) 2. Radiação solar difusa (onda curta) 5. Radiação térmica emitida pelo edifício

1 3

2

5

13/33

3. Radiaçãosolar refletida pelo solo e pelo entorno 4. Radiação térmica emitida pelo solo aquecido e pelo céu

EFEITO ESTUFA

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - temperatura Variação de temperatura na superfície da terra

Resulta de:
Fluxos das grandes massas de ar Diferenças na recepção da radiação solar

14/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - temperatura Temperaturas máximas e mínimasdiárias

is pol ó rian Flo

15/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - vento Diferença de temperatura entre massas de ar Velocidade medida nas estações meteorológicas com anemômetros Probabilidade de ocorrência lida em diagramas tipo “Rosa dos Ventos” Influência da rugosidade da superfície

16/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - vento Rosa dos ventos
is pol ó rian Flo17/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - umidade

Ar saturado Umidade relativa

18/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA - umidade Umidade relativa máxima e mínima diária

is pol ó rian Flo

19/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA
Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano

normais climatológicas

Pressão Insolação Temperatura máxima Temperatura médiaNebulosidade Precipitação Evaporação Umidade relativa Temperatura mínima Temperatura mínima absoluta Temperatura máxima absoluta

20/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA

TRY

Ano Climático de Referência - cabeçalho
Mês Dia Hora TBS {C} TBU {C} Td {C} Pressão Atmosferica {kPa}

Umidade Densidade Entalpia Relativa do ar {%}

Velocidade do Vento {m/s}

Direção do Vento {graus}Cobertura Total de Nuvens

Radiação Global Horizontal Extraterreste {Wh/m2}

Radiação Global Horizontal {Wh/m2}

Radiação Direta {Wh/m2}

Radiação Direta Normal {Wh/m2}

Radiação Difusa Horizontal {Wh/m2}

21/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA Ano Climático de Referência
tbs (oC) 36 20.7 2 tbu (oC) 31.7 18.8 1.6

TRY

Máxima Média Mínima

Média dos dados horários pressão nebrad global rad direta (kPa) (Wh/m²) (Wh/m²) 102.9 10 1062 980 101.5 6.4 173.2 102.7 99.8 0 0 0

veloc.do ar (m/s) 13 2.9 0

Temperatura (oC)

is pol ó rian Flo

Médias Mensais de Temperatura 30 25 20 15 10 5 0 0 1 2 3 4 5 6 Mês 7 8 9 10 11 12 TBS TBU

22/33

Bioclimatologia
ARQUITETURA E CLIMA Ano Climático de Referência
Dia de Temperatura Maxima
40 35 30 25 20 15 10 5 0 1 3 5 7...
tracking img