Arquitetura e globalização: a experiência de projetar na china

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1462 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
| |
| |
|ARQUITETURA E GLOBALIZAÇÃO: A EXPERIÊNCIA DE PROJETAR NA CHINA|
| |
|PADOVANO, Bruno Roberto. Arquitetura e Globalização: A experiência de projetar na China. Tese de Livre Docência, Faculdade de Arquitetura e |
|Urbanismo da Universidade de São Paulo, Janeiro de 2007,São Paulo - SP. P1-60. |
| |
|• “[...] no sentido de averiguar as possíveis desvantagens ou vantagens deste processo de transnacionalização das economias para os |
|arquitetosbrasileiros interessados em ampliar seu raio de ação.” (p.11) |
|Introduz a tese demonstrando que se trata do trabalho em mostrar o lado positivo e negativo aos arquitetos interessados em ampliar seu campo|
|de trabalho no exterior.|
| |
|• “Igualmente [...] estão sendo cada vez mais compartilhados por esta sociedade de recursos comunicacionais avançados, o que deverá levar a |
|um mundo no qual a busca de qualidade de vida será pauta prioritária para osgovernos de todas as nações, inclusive aquelas que ora lutam |
|contra problemas sociais ainda básicos, como é o caso do Brasil...” (p.11) |
|Demonstra que, com a globalização a integração entre os povos de diversas culturas leva a uma busca por uma melhora na qualidade de vida das|
|pessoas, inclusive em países comproblemas sociais como o Brasil. |
| |
|• “O que interessa para nós arquitetos [...] que foram permitidos de entrar e praticar sua profissão no território chinês, tanto de forma|
|independente como em associação com empresas locais de arquitetura.” (p.12) |
|Expõe que oportunidade é a palavra que melhor demonstra o |
|momento que a China vive e pontua que o que interessa aos arquitetos é que eles foramautorizados de exercer sua profissão no território |
|chinês. |
| |
|• “Profissionais de projeção internacional comoNorman Foster [...] entre muitos outros, foram sendo contratados por órgãos públicos e |
|empresas privadas na China e Hong Kong [...] como o grande campo das experimentações mais avançadas da produção contemporânea.” (p.12) |
|Aborda que a China se juntou aos países mais desenvolvidos globalizando a arquitetura, contratando arquitetos de renome para trabalharem lá.|
|...
tracking img