Arquitetura modernista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (580 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Afonso Eduardo Reidy

Arquiteto, urbanista brasileiro nascido em Paris, considerado um dos pioneiros na introdução da arquitetura moderna no país e que como arquiteto-chefe e diretor doDepartamento de Urbanismo da prefeitura da antiga capital federal, foi responsável por grandes obras de urbanização. Filho de pai inglês e mãe brasileira cresceu na então capital federal e aos 17 anos entroupara a Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, onde se formou arquiteto.

Tornou-se titular da cadeira de teoria dos planos da cidade do curso de urbanismo da Faculdade Nacional deArquitetura e, considerado de idéias arrojadas, de grande liberdade estrutural e formal. Influenciado pelas idéias de Le Corbusier, fez parte da equipe de arquitetos que no fim da década projetou oedifício-sede do recém-criado Ministério de Educação e da Saúde, junto de Oscar Niemeyer, sob a direção de Lúcio Costa e com a colaboração do próprio Corbusier.

Obteve o primeiro prêmio da ExposiçãoInternacional de Arquitetura da I Bienal de São Paulo (1951). Projeta o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (1954), obra de concepção estrutural arrojada, logo após obter o primeiro prêmio daExposição Internacional de Arquitetos da I Bienal de São Paulo (1953), o desmonte do morro de Santo Antônio, o aterro da Avenida Beira-Mar, no trecho entre o aeroporto Santos Dumont e o morro da Viúva, oprojeto do túnel Rebouças, do Rio Comprido à lagoa Rodrigo de Freitas e ainda o projeto do Museu Nacional do Kuwait. Um dos integrantes do grupo carioca de arquitetos que floresceu a partir da terceiradécada do século passado, faleceu no Rio de Janeiro, Brasil.

• Conjunto Residencial Prefeito Mendes de Moraes (Pedregulho), Rio de Janeiro – 1946

• Ministério da educação e saúde publica (Esplanadado Castelo), Rio de Janeiro – 1935

• Conjunto Residencial Marquês de São Vicente (Gávea), Rio de Janeiro- 1952

• Teatro Popular Armando Gonzaga (Marechal Hermes), Rio de Janeiro – 1950...
tracking img