Arquitectura de seguranca do projecto lan

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 72 (17889 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Desde o surgimento das redes computacionais, acontecem trocas de dados entre máquinas fisicamente distantes entre si. Neste primeiro momento, o único paradigma existente para que isto fosse possível era o modelo cliente/servidor.
Neste paradigma, ilustrado na Figura 1, o servidor é uma máquina dedicada e geralmente com grande disponibilidade de espaço para armazenamento. Ao longodeste trabalho, será ilustrado (noutra figura) de uma forma mais detalhada o funcionamento deste tipo de rede.

Figura1: Modelo Cliente/Servidor, fonte: www.apostilando.com.br/tutorial-introdução-as-redes-de-computadores

Este trabalho utilizará os conceitos das redes estruturadas cuja arquitectura é Cliente/ servidor.

ESTRUTURA DA MONOGRAFIA
Esse projecto descreve a actual situação,necessidade e objectivo da empresa e discrimina todas as etapas que serão feitas como: apresentação da planta do local, equipamentos necessários, software, segurança, programas de treinamento, e orçamento do projecto.
Dessa forma, facilitando cada etapa a ser concluída e atendendo todas as solicitações e comprovando que o projecto ficou de acordo com a necessidade e o que foi estipulado pelacontratante.
Sendo disponibilizada a Internet para uso geral, haverá necessidade da protecção através do Firewall, que garantirá seu acesso seguro e também o controle de acesso nas conexões das redes e a devida protecção frente aos perigos da rede externa, aplicando a política de segurança da empresa.
Porém, para haver maior segurança na empresa, os dados e arquivos serão mantidos em um servidorcentralizado, através de backups, assim como os aplicativos e periféricos serão compartilhados de forma segura e criteriosa.

IMPORTÂNCIA DO ESTUDO
Hoje em dia boa parte das pequenas empresas já utilizam redes de dados para comunicação local e remota, com as grandes corporações, e isso já está no quotidiano das organizações. ATCUL não podia estar de parte, considerando o veloz desenvolvimentotecnológico em Angola.
Dessa maneira, podemos definir que uma das finalidades mais simples de uma rede de computadores é o compartilhamento das informações entre dois ou mais usuários. Entretanto, podem ser necessários compartilhamentos mais complexos e com grande tráfego de informações e, consequentemente, redes com diversos níveis de complexidade.
Ainda é comum a prática de se improvisar sistemas decabeamento para a interligação dessas redes sem existir um planeamento e estudos prévios. O cabeamento é normalmente instalado ao acaso, sem a observação de técnicas específicas. Nesses casos, um novo ponto de rede deve ser instalado cada vez que se deseja utilizar uma nova aplicação ou quando ocorrem mudanças de layout dentro da edificação.
Para evitar os improvisos e tornar a comunicação maiseficiente são utilizadas diversas técnicas, entre elas o conceito de sistemas estruturados. A utilização de sistemas estruturados no projecto de redes torna possível conectar, em um mesmo ponto de ligação, computadores, sistemas de telefonia e de alarme, distribuição de vídeo e TV a cabo, etc. Logo, um sistema estruturado tem como característica básica ser um sistema multimídia capaz de proporcionaracesso aos vários sistemas de comunicação (voz, dados, imagens, sinais de controle) através de um único sistema de cabeamento. O propósito desse projecto de rede é prover uma base sólida para o bom desempenho da rede, visando a longevidade do sistema.
Por definição, um sistema estruturado baseia-se na disposição de uma rede de cabos que suporte qualquer equipamento de telecomunicações (todos ossistemas de sinais de baixa voltagem que conduzam informações dentro da instituição, tais como voz, dados, imagem, segurança, etc.) e que possa ser facilmente redireccionada, no sentido de prover um caminho de transmissão entre quaisquer pontos desta rede.
Uma rede estruturada elimina a dispersão dos cabos destinados ao transporte dos sinais de dados na área de instalação, não permitindo a...
tracking img