Argentina completo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8843 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA ESTADUAL SENADOR PETRÔNIO PORTELLA






















ARGENTINA




















MANAUS - AM
2012

ESCOLA ESTADUAL SENADOR PETRÔNIO PORTELLA




















ARGENTINA





Profª: Marta Amaral
Turma: Terceiro Quarto (3º 04),















MANAUS - AM
2012Não há nada como o sonho para criar o futuro. Utopia hoje, carne e osso amanhã. Dedico este trabalho a todos os alunos do Terceiro Quarto (3º 04),









SUMÁRIO



1 Apresentação 5


Introdução 6

2 - Argentina 7

3 -Historia 8

4 - Descobrimento e Colonização 8.1

5 - Independência e Unidade 10

6 - Instituições Políticas 13

7 - Sociedade 13.1

8 - Geologia e Relevo 14

9 - Clima 15

10 - Hidrografia 16

11 - Flora e Fauna 17

12 - População 18

13 - Economia 19

14 - Agricultura ePecuária 19.1

15 - Minas e Energia 20

16 - Indústria 21

17 - Comercio, Turismo e Finança 22

18 - Transporte e Comunicação 23

19 - Resumo 24

20 - Considerações finais 25

21 - Referências bibliográficas 26
























APRESENTAÇÃO







Este trabalho foi proposto pelaprofessora Marta Amaral, sendo o tema a tratar a ARGENTINA. Todos nós já ouvimos falar, este tema é muito abordado hoje em dia. No decorrer dos estudos e da pesquisa, revelou-se um universo extremamente pequeno e desconhecido, a tal ponto a motivar o título: ARGENTINA.

Os registros arqueológicos provam a chegada dos primeiros habitantes na Argentina aproximadamente treze mil anos atrás. Esseshabitantes eram nômades.
A capital da Argentina foi fundada no ano de 1534.
Em 9 de julho de 1816 a Argentina se tornou independente.
A partir de
A sucessora de Nestor Kirchner, atual presidente da Argentina é Cristina Kirchner, sua esposa.1946 a Argentina passou a ser governada pelo presidente Juan Domingos Perón. Em 1955 Juan Domingos Perón foi deposto e exilado por um golpe militar, sendo queretornou a Argentina e ao poder em 1973, governando por um breve período até a sua morte. Quem assumiu seu lugar foi sua esposa Eva, mas foi obrigada pelos militares a renunciar em 1976, instalando-se novamente uma ditadura na Argentina.
Após sucessivos golpes, governos militares, e dezenas de mortos e desaparecidos políticos (os considerados subversivos), em 1983 a Argentina volta a ser umademocracia, com a eleição do presidente Raul Afonsin. Em 1989 Afonsin renunciou em favor ao presidente eleito Carlos Menem, que permaneceu na presidência por dois mandatos consecutivos, até 1999.

Fernando de La Rua foi eleito para o lugar de Menem. Os cortes e ajustes que Fernando de La Rua fez na tentativa de evitar a crise econômica acabaram gerando grande insatisfação popular e várias greves, oque foi o motivo de sua renúncia. No ápice da crise, em duas semanas a Argentina chegou a ter cinco presidentes. O mandato provisório de Eduardo Duhalde durou até 25 de maio de 2003, quando Nestor Kirchner, eleito pelo povo, assumiu a presidência.






Argentina

A característica mais peculiar da Argentina é a convivência histórica entre a forte herança cultural européia e as tradiçõesrurais e regionalistas. O poderio econômico da oligarquia latifundiária não impediu que o país conquistasse níveis de desenvolvimento próprios de nações do primeiro mundo. O alto grau de escolaridade da população, o nível da renda e o avanço e a diversificação da economia fazem dos argentinos um povo privilegiado entre os sul-americanos. Sua conturbada história política contemporânea e a...
tracking img