Areas rurais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6191 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
P á g i n a |1

AS ÁREAS RURAIS EM MUDANÇA
A AGRICULTURA EM PORTUGAL
O peso da agricultura tem vindo a diminuir face a outros ramos de actividade. Portugal segue assim a tendência da União Europeia. Este fenómeno deve-se fundamentalmente ao grande crescimento e desenvolvimento das actividades dos sectores secundário e terciário, principalmente o último. No entanto, embora a importância daagricultura para a economia nacional tenha vindo a decrescer, esta ainda é mais elevada do que a média da Europa. Este cenário também se verifica na mão-de-obra empregue pela agricultura: existe uma diminuição, mas o total de activos ainda é superior à média europeia. O excesso de mão-de-obra revela um atraso em Portugal, nomeadamente em relação à falta de mecanização da agricultura. Apesar de tercada vez menos expressão na economia portuguesa, a sua importância é indiscutível a nível local. Além de ainda ser uma actividade económica geradora de emprego, algumas regiões do país têm na agricultura a sua base económica. Também contribui para a preservação das paisagens e ocupação dos espaços, impedindo que sejam deixados ao abandono.

AS REGIÕES AGRÁRIAS
Até 2006, utilizou-se uma divisãoterritorial em regiões agrárias, que se efectuava tendo em conta as suas características naturais (clima e relevo), a estrutura fundiária das explorações agrícolas (o seu tamanho) e os seus sistemas de cultura dominantes. Actualmente, devido a uma reestruturação da administração pública em 2007, as regiões agrárias passaram a coincidir com as NUT II (Norte, Centro, Lisboa, Alentejo e Algarve). Dequalquer forma, continuam-se a estudar as regiões agrárias anteriores, devido à abundância de dados estatísticos disponíveis. Existem 9 regiões agrárias, sete no continente e duas regiões autónomas. São elas, começando no norte litoral: Entre Douro e Minho, Trás-os-Montes, Beira Litoral, Beira Interior, Ribatejo e Oeste, Alentejo, Algarve, Região Autónoma dos Açores e Região Autónoma da Madeira.O ESPAÇO RURAL
Define-se espaço rural como “território que engloba o conjunto de áreas dedicadas à agricultura, criação de gado, floresta, assim como a outras actividades que não estão ligadas à exploração do solo (ex: turismo, energias renováveis e indústria) ”. O espaço rural opõe-se ao urbano e abrange grande parte do território nacional.

P á g i n a |2

Dentro do espaço rural temos oespaço agrário que “compreende a agricultura, as pastagens, as florestas, as habitações dos agricultores, as infraestruturas e equipamentos que se relacionam com a actividade agrícola, como caminhos, canais de regra, estábulos, estufas, etc.” Deste modo, o espaço rural exclui tudo aquilo relacionado com outras actividades que não a agricultura e a pecuária. Além disso, ainda existe o espaço agrícolaque constitui “o espaço ocupado apenas com a produção animal e vegetal, que compreende os campos e as pastagens”. Excluem-se assim as vias de comunicação, os estábulos, silos, habitações dos agricultores, etc. Incluído no espaço agrícola temos ainda a SAU (Superfície Agrícola Utilizada), que corresponde à área ocupada com culturas. Opõe-se à SANU (Superfície Agrícola Não Utilizada), que é asuperfície agrícola que foi utilizada mas já não o é, devido a razões de ordem económica ou social. A SAU engloba:  Terras aráveis: zonas ocupadas com culturas temporárias (milho, trigo, tomate, girassol, alface, feijão, melão, etc) e com campos de pousio (técnica utilizada que consiste em deixar uma parte do campo em repouso durante 1-3 anos, podendo haver variações, conforme se ache necessário, demodo a que os solos se reconstituam naturalmente. Está associada à rotação de culturas).  Culturas permanentes: plantações que ocupam terras durante um longo período de tempo (olival, macieira, pereira, vinha, castanheiros).

 Pastagens permanentes: áreas onde são semeadas espécies por um período superior a 5 anos que irão servir de alimentação ao gado. Têm grande expressão na R.A. Açores e...
tracking img