Arcadismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7374 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário
Introdução 6
1. Arcádia: A inspiração da simplicidade 7
1.1. O Semideus Arcas e a beleza natural das constelações 7
1.2. O deus feio que comandou a busca pela beleza 8
2. Iluminismo: A luz da razão 9
2.1. Arcádia Olissiponense/Arcádia Lusitana 13
2.2. Bocage 14
3. Poesia Arcádica 15
3.1. Bucolismo 16
4. O Arcadismo Brasileiro 17
4.1. A produção poética da Arcádia Brasileira 184.1.1 Cláudio Manuel da Costa 18
4.1.2 Manuel Inácio Silva Alvarenga 20
4.1.3 Tomás Antônio Gonzaga 20
Cartas Chilenas 22
4.1.4 Inácio José Alvarenga Peixoto 23
4.2. A poesia épica brasileira 23
4.2.1 Basílio da Gama 24
4.2.2 Frei de Santa Rita Durão 25
5. Momento ideológico europeu 26
6. Momento Ideológico 27
7. A Inconfidência Mineira. 28
8. Momento Poético 29
Conclusão 31Referências 32

Introdução
Estudar literatura é penetrar numa esfera artística, sem limitações, onde o caminho é dado pela imaginação.
Durante toda a vivência, o ser humano foi conduzido por dois poderosos valores: a razão e a emoção. Estes polos extremos orientaram-lhe a conduta e assinalaram suas ascensões e quedas.
Literatura, história e cultura coexistem e os movimentos literários aparecemna evolução temporal, como decorrência das amplas transformações advindas no conjunto histórico cultural.
A proposta deste trabalho é alcançar maior compreensão em um dos movimentos que marcaram a história do nosso país. Arcadismo, Neoclassicismo ou simplesmente Ilustração, tantos nomes foram adotados, para descrever esse período, mas nesse trabalho abraçaremos o Arcadismo.
Uma história quesurge desde a Grécia Antiga, retratando os deuses e a incrível Arcádia. Passando assim pela Europa, até chegarmos ao Brasil que é nosso foco principal. Especificamente em Minas Gerais “Vila Rica” que hoje é a ditosa cidade de Ouro Preto.
Através do percurso reconheceremos nossos conflitos internos e perceberemos as razões que levaram esses homens a entregarem não apenas seus tinteiros, mas tambémsuas almas e muitas vezes colocando-se em risco enfrentando todos os paradoxos da sociedade em que viviam. Contemplaremos o homem do “século das luzes”, com suas lendas, atributos e tipos psicológicos. Adentraremos no mistério que cobre as paradoxais situações humanas e viajaremos, com os poetas e escritores, as formidáveis trilhas da imaginação.

1. Arcádia: A inspiração da simplicidadeArcádia é uma pequena unidade regional grega, situada ao sul da Grécia à pequena prefeitura faz parte da Península do Peloponeso e tem como capital Tripolis. Recebeu esse nome em homenagem ao semideus Arcas, que de acordo com os mitos da região seria filho de Zeus e da Ninfa Calisto. Além de uma geografia muito particular, cercada de grandes elevações, Arcádia também foi fonte de inspiração para umperíodo onde a natureza era o centro das atenções poéticas. Tida como a moradia do deus Pã, deus da natureza e protetor de todos os pastores de ovelhas, Arcádia era considerada como uma escola para a simplicidade e humildade.
Os mitos que rodeiam essa unidade regional são tão incríveis quanto o período que foi guiado pela simplicidade natural desse lugar.
1.1. O Semideus Arcas e a beleza natural dasconstelações
Os mitos gregos afirmam que a Ninfa Calisto era uma linda jovem quando acometida de enorme paixão, deitou-se com o grande Zeus. Logo após a conquista Zeus revelou sua verdadeira identidade, mas Calisto já tinha em seu ventre a semente dessa paixão. Zeus era casado com Hera, uma deusa ciumenta e agressiva que ao descobrir a traição castigou a Ninfa transformando-a em urso. Apósalguns anos quando Arcas já era um forte e lindo homem, o destino tratou de reunir mãe e filho. Arcas estava caçando quando Calisto o reconheceu e correndo em sua direção tentou abraça-lo, o semideus sem saber que o urso na verdade era sua mãe atirou lhe uma flecha, que por intervenção de seu pai Zeus não tirou-lhe a vida e sim reuniu nos céus, mãe e filho que hoje podem ser vistos, como a...
tracking img