Arara-azul-de-lear

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (518 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A arara-azul-de-lear (nome científico: Anodorhynchus leari) é uma espécie de ave da família Psittacidae endêmica do Brasil. Originalmente encontrada nas matas, hoje é vista raramente e o seu estadode conservação é crítico. Pode ser encontrada no interior do estado da Bahia.
Essa arara torna-se madura para a reprodução aos 3 anos e sua época reprodutiva é entre novembro e março. Normalmentenascem 2 filhotes por vez e a gestação dura em torno de 30 dias. Depois do nascimento das araras azuis, elas ficam cerca de 3 meses no ninho sob cuidado dos pais, até se aventurarem no primeiro voo.Existem dois sítios de nidificação e dormitório, um em Canudos, na região conhecida como Toca Velha, uma RPPN de propriedade da Fundação Biodiversitas e em Jeremoabo, ao sul da Estação Ecológica do Rasoda Catarina, unidade de conservação federal administrado pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade).
CARACTERÍSTICAS
Mede cerca de 71 cm e pesa em trono de 940 gr. Possui aplumagem da cabeça e pescoço azul – esverdeado, barriga azul – desbotado, apenas as costas, lado superior das asas e cauda azul – escuro. Anel perioftálmico amarelo relativamente claro além dabarbela amarela – enxofre clara, quase triangular situada em cada ldo na base da mandíbula. Não existe dimorfismo sexual
HABITAT
Caatinga, em áreas de canyons e rochedos.
HÁBITOS ALIMENTARESPrincipalmente sementes de licuri, mas também pinhão, umbu mucumã.
PERÍODO DE VIDA
Em cativeiro aproximadamente 60 anos.
AMEAÇAS
Ameaçada de extinção pela destruição do habitat, endemismo e o tráfico deanimais. Hoje existem cerca de 150 araras-azuis-de-lear na natureza e 18 em cativeiro no Brasil
Hábitos e costumes
Diferente das outras araras-azuis, a Lear não dorme empoleirada. Procura abrigo nasfendas ou na vegetação no alto dos paredões. Basta o sol sair e começa uma barulhenta revoada.
Ela é uma das quatro espécies de arara-azul no Brasil. Duas delas já são consideradas extintas. A Lear é...
tracking img