Aquicultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1956 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DA PISCICULTURA NA REGIÃO CENTRAL DO ESTADO DO TOCANTINS

1. INTRODUÇÃO

Atualmente o que se vê é uma forte tentativa para o combate à pobreza e à fome, o que pode ser ressaltado na implantação da piscicultura como atividade geradora de renda com a missão de reduzir drasticamente os números da pobreza e da fome no Brasil.
Diante do exposto, vemos na baciahidrográfica amazônica, a piscicultura se destaca por ser uma atividade produtiva que apresenta elevada produtividade por hectare, entre 2.500 a 10.000 kg/ha/ano, possui uma ampla variedade de espécies a serem exploradas. Em torno de 3.000 na bacia amazônica, sendo referência do ponto de vista da sustentabilidade da cadeia.
É uma das atividades que mais cresceu nos últimos anos, tendo comoprincipais fatores para este crescimento a estagnação dos estoques pesqueiros e o aumento da demanda por alimentos mais saudáveis.
No Estado do Tocantins são encontradas características importantes que permitem o desenvolvimento da piscicultura, como a temperatura média anual acima de 25ºC, grande potencial hídrico, topografia e solo adequados, espécies nativas de alto valor comercial e umarazoável oferta de insumos (Fieto, 2001). Mas apesar deste potencial, há muito que se fazer para organização dos principais atores desta cadeia, os piscicultores, que há muito praticam a atividade sem adequação dos produtos de acordo com a demanda existente.

2. JUSTIFICATIVA

Quando uma atividade econômica começa a se destacar numa região, como ocorre com a piscicultura no Tocantins, énatural que surja a necessidade de uso e implantação de novas tecnologias e profissionalismo para a oferta de produtos melhores qualificados.
A situação dessa atividade no Estado é caracterizada por piscicultores que aumentaram a produção de peixes, sem se preocupar com a parte técnica, condições sanitárias de abate e muito menos a parte ambiental, desta forma encontram dificuldades emcomercializar e principalmente em processar o seu produto.
O fortalecimento da Associação, implantação de sua sede, a manutenção de uma equipe de assistência técnica qualificada, a importância de se conhecer as associações existentes no Estado e precisar a quantidade de praticantes da piscicultura no Estado, se baseia na necessidade urgente de fortalecer e estruturar uma atividade produtiva quese destaca na região e cresce de forma desordenada, sem licenciamentos, sem cadastramento nos órgãos que autorizam a atividade, com pouca ou nenhuma informação real do que gera de empregos, do custo de produção, do valor do produto e de sua eficiência econômica.
A construção do frigorífico e indústria de processamento será responsável pela geração de uma oportunidade única de se trabalharcorretamente toda a cadeia produtiva dentro do Estado, pois permitirá a qualificação da matéria-prima , que é o peixe, a adoção de eficientes práticas de manejo, a melhoria da qualidade do produto oferecido e a possibilidade de expansão no mercado.
Para que esta cadeia funcione de forma adequada e sustentável é necessária a realização desta ações, pois sem estas a cadeia produtiva da piscicultura noEstado nunca cumprira o seu papel de geradora de renda e emprego, fixadora do homem no campo de forma digna e responsável.

3. OBJETIVO GERAL

Melhoria da competitividade e eficiência de cadeia produtiva da piscicultura, com ênfase na participação de produtores rurais de pequeno porte neste processo.

4. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

• Identificar e analisar o atual grau dedesenvolvimento da piscicultura na região em questão;
• Estabelecer uma estratégia metodológica para coleta de dados técnicos, socioeconômicos e ambientais, interpretação e apresentação dos resultados frente aos produtores e entidades direta ou indiretamente envolvidos com o setor;
• Identificar eventuais pontos de estrangulamento na produção, beneficiamento e comercialização dos produtos...
tracking img