Aquecimento global

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2157 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL
CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS
DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS














AQUECIMENTO GLOBAL, O EFEITO ESTUFA
Trabalho da cadeira de Direito Ambiental apresentado como parte da avaliação do semestre à Universidade de Caxias do Sul, no curso de Direito

Profo Gilson de Almeida






Caxias doSul
2006

1. AQUECIMENTO GLOBAL
O buraco na camada de ozônio sobre a Antártida aumentou em relação à 2004, invertendo uma tendência de queda. No período de maior intensidade, do fim de setembro a meados de outubro, o tamanho chegou a 24,3 milhões de quilômetros quadrados, quase três vezes a área do Brasil. Em 2004, a área desprovida de proteção aos raios ultravioleta atingiu 24 milhões dequilômetros quadrados. Os números foram divulgados pela Nasa, a agência espacial norte-americana.
De acordo com cientistas, a recuperação da camada de ozônio vai demorar mais do que o previsto. Os mais recentes modelos prevêem que a camada protetora de gás na estratosfera não vai se recompor até o ano de 2065. É mais de uma década além do que se acreditava anteriormente. Tal fato foi anunciado numaconferência nos Estados Unidos, no início de dezembro.
Em agosto, a Organização Meteorológica Mundial - OMM - anunciou que a camada de ozônio deve piorar até meados deste século. Segundo um especialista, "levará várias décadas" para que os gases que têm provocado o fenômeno - clorofluorcarbonetos (CFC) e halon - caiam a níveis aceitáveis ou desapareçam.
1.1. Mais quente
O ano de 2005 também foi osegundo mais quente dos últimos anos, segundo dados da OMM, atrás de 1998, e um dos quatro mais quentes desde que as medições começaram a ser realizadas, em 1861. No entanto, para a Organização, não existem evidências de que a "excepcional devastação" registrada nos últimos anos, em termos meteorológicos, esteja relacionada com o aquecimento do planeta.
Mas esse é o entendimento, por exemplo, deThomas Loster, Diretor Executivo da Fundação Re de Munich e membro da Iniciativa Financeira do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). Loster acredita que as catástrofes naturais de 2005 estão ligadas às mudanças climáticas e afirmou, baseado em estudos, que esta é uma tendência crescente muito mais forte que os desastres relacionados a terremotos, no período de 1950 e 2004.
Oaquecimento global é o aumento da temperatura terrestre (não só numa zona específica, mas em todo o planeta) e tem preocupado a comunidade científica cada vez mais. Na realidade, desde 1850 temos assistido a um aumento gradual da temperatura global, algo que pode também ser causado pela flutuação natural desta grandeza. Tais flutuações têm ocorrido naturalmente durante várias dezenas de milhões deanos ou, por vezes, mais bruscamente, em décadas. Estes fenômenos naturais bastante complexos e imprevisíveis podem ser a explicação para as alterações climáticas que a Terra tem sofrido, mas também é possível e mais provável que estas mudanças estejam sendo provocadas pelo aumento do Efeito Estufa, devido basicamente à atividade humana.
Na realidade, as oscilações anuais da temperatura que setêm verificado neste século estão bastante próximo das verificadas no século passado e, tendo os séculos XVI e XVII sido frios (numa escala de tempo bem mais curta do que engloba idades do gelo), o clima pode estar ainda a se recuperar dessa variação. Desta forma os cientistas não podem afirmar que o aumento de temperatura global esteja de alguma forma relacionado com um aumento do Efeito Estufa,mas, no caso dos seus modelos para o próximo século estarem corretos, os motivos para preocupação serão muitos.
Segundo as medições da temperatura para épocas anteriores a 1860, desde quando se tem feito o registro das temperaturas em várias áreas de globo, as medidas puderam ser feitas a partir dos anéis de árvores, de sedimentos em lagos e nos gelos, o aumento de 2 a 6 ºC que se prevê para os...
tracking img