Aps homem e sociedade biomedicina.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10163 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIP - UNIVERSIDADE PAULISTA

APS
HOMEM E SOCIEDADE



CAMPINAS

2012

HOMEM E SOCIEDADE

Trabalho apresentado como requisito para a obtenção de nota parcial da disciplina HOMEM E SOCIEDADE, pelo curso de BIOMEDICINA da UNIP – Universidade Paulista.

Orientadores: (Prof. Guto; Profª Márcia)

CAMPINAS
2012

HOMEM E SOCIEDADE

Trabalho apresentado como requisito para aobtenção de nota parcial da disciplina HOMEM E SOCIEDADE, pelo curso de BIOMEDICINA da UNIP – Universidade Paulista.

Orientadores: (Prof. Guto; Profª Márcia)

Aprovado em:

_________________________/__/__
Professora MÁRCIA

_________________________/__/__
Coordenadora ANA BEATRIZ

“O homem é a medida de todas as coisas”
(Protágoras)

RESUMO

O homem começa a situar-se na Sociedadeainda quando criança, através de um sistema de coordenadas impessoais, na superfície de um "Mapa Social", que seria a própria vida do indivíduo e os fatos que a marcaram, bem como seu amadurecimento na Sociedade através de um processo cognitivo da realidade, ou seja, quando percebe o que é e onde está.
Este "Mapa Social" consiste em coordenadas básicas dentro das quais se pode mover e tomardecisões, coordenadas estas originadas não na vontade do indivíduo, mas do consenso geral da Sociedade (de pessoas estranhas, inclusive de épocas passadas). Este trabalho tem o intúito de mostrar o que influência, desde o Evolucionismo até o Multiculturalismo e como isso ocorre, partindo do princípio do estudo de Homem e Sociedade.

Palavras-chave: Homem e Sociedade. Cultura. Evolucionismo.SUMMARY

The man begins to be in the Society as a child through an impersonal system of coordinates on the surface of a "Social Map", which would be the individual's own life and the events that marked her as well as mature in Society through a cognitive process of reality, ie when he realizes what it is and where it is.
This "Social Map" consists of basic coordinates within which one can moveand make decisions, these coordinates do not originate in the will of the individual, but the general consensus of the Society (of strangers, including past times). This work aims to show what influence, since the Evolutionism to multiculturalism and how it occurs, assuming the study of Man and Society.

Keywords: Man and Society. Culture. Evolutionism.

Sumário
INTRODUÇÃO 7
2 – O HOMEM 82.1 PRINCIPAIS VISÕES SOBRE A ORIGEM HUMANA: O EVOLUCIONISMO E O DEBATE DAS DETERMINAÇÕES BIOLÓGICAS VERSUS PROCESSO CULTURAL 8
2.2 O EVOLUCIONISMO 9
2.3 O CONCEITO DE CULTURA ATRAVÉS DA HISTÓRIA 10
3 – A CULTURA 11
3.1 A ANTROPOLOGIA E O ESTUDO DA CULTURA – SENSO COMUM E CIÊNCIA; A DIVERSIDADE CULTURAL E AS CULTURAS NACIONAIS. 12
3.2 SENSO COMUM E CIÊNCIAS 12
3.3 ADVERSIDADE 12
3.4CULTURA 13
3.5 CULTURAS NACIONAIS 13
3.6 AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA CULTURA COMO VISÃO DE MUNDO: HERANÇA CULTURAL E FORMAS DE COMPREENDER O MUNDO, A PARTICIPAÇÃO DOS INDIVÍDUOS NA CULTURA. 14
3.7 ANTROPOLOGIA 17
4 – A SOCIEDADE 18
4.1- AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS – PRECONCEITO, EXCLUSÃO E QUESTÕES DA CONVIVENCIA COM A DIVERSIDADE. ETNOCENTRISMO E RELATIVISMO CULTURAL 18
4.2PRECONCEITO 18
4.3 EXCLUSÃO SOCIAL 19
4.4 ETNOCENTRISMO E OS INDIVÍDUOS DA CULTURA 19
4.5 IDENTIDADE CULTURAL NA ATUALIDADE E MULTICULTURALISMO. 20
4.6 O MULTICULTURALISMO 21
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 22
ANEXO 24

INTRODUÇÃO

Educação (o homem que se educa e educa outro) e sociedade (o homem ser social que fala e se comunica) andam de mãos dadas e é difícil distinguir queminfluencia quem. O homem, no entanto, é visto de maneiras diferentes nessas duas dimensões desde a Grécia antiga, com os filósofos clássicos, até o renascimento, com Maquiavel. Atenas vivia num momento de transição entre uma educação voltada para a guerra e uma Atenas construindo uma democracia. Diante deste panorama encontramos dois processos educativos, um seguindo o modelo do guerreiro e outro...
tracking img