Aps - estruturas organizacionais e processo decisório

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4745 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Estrutura Organizacional


Estrutura Organizacional é a forma como as empresas se articulam para desenvolver as suas atividades. Não existe uma estrutura organizacional acabada e nem perfeita, existe uma estrutura organizacional que se adapte adequadamente às mudanças.
De acordo com Chiavenato, (2004), a nova sociedade do futuro será extremamente dinâmica e mutável de tal formaque as organizações terão de mudar sua aparência interna de semana em semana. Adhocracia é o inverso da burocracia, tem como ponto central ter uma estrutura flexível, orgânica capaz de amoldar-se contínua e rapidamente às condições ambientais em mutação.
Caracteriza-se por:
• Equipes autônomas e auto-suficientes.
• Autoridade descentralizada.
• Atribuições e responsabilidades mutáveis.• Poucas regras e procedimentos, logo, muita liberdade de trabalho.


Teoria dos dois fatores de Herzberg.


Higiênicos: Extrínsecos; ambiente que rodeia as pessoas; decididas e controladas pela empresa.
Motivacionais: Intrínsecos; relacionados ao conteúdo do cargo e natureza das tarefas; envolve sentimentos de crescimento individual reconhecimento e auto-realização;estão sobre controle do indivíduo.
Segundo Mills (1996), a delegação parte da idéia de dar às pessoas o poder, a liberdade e a informação que lhes permitem tomar decisões e participar ativamente da organização. A utilização de equipes autodirigidas e a adoção de sistemas orgânicos de administração e culturas participativas e abertas nas organizações significam que estas estão tentando difundire compartilhar o poder com todos os seus membros, abrindo mão do controle centralizado, e isto parece ser a solução viável que promove rapidez, flexibilidade e capacidade de decisão da organização.

O empowerment se assenta em quatro bases principais:

• Poder – dar poder às pessoas, delegando autoridade e responsabilidade em todos os níveis da organização. Isso significa darimportância e confiar nas pessoas, dar-lhes liberdade e autonomia de ação.
• Motivação – proporcionar motivação às pessoas para incentivá-las continuamente. Isso significa reconhecer o bom desempenho, recompensar os resultados, permitir que as pessoas participem dos resultados de seu trabalho e festejem o alcance das metas.
• Desenvolvimento – dar recursos às pessoas em termos de capacitação edesenvolvimento pessoal e profissional. Isso significa treinar continuamente, proporcionar informações e conhecimento, ensinar continuamente novas técnicas, criar e desenvolver talentos na organização.
• Liderança - proporcionar liderança na organização. Isso significa orientar as pessoas, definir objetivos e metas, abrir novos horizontes, avaliar o desempenho e proporcionar retroação.


Tipos deautoridade


Linha – Se exerce diretamente sobre as pessoas que integram um órgão.
STAFF – Autoridade para auxiliar, assistir, aconselhar, um órgão de linha.
Funcional – Poder que uma unidade exerce sobre a outra relativo a função.
Fiscalização – Zela observância de um conjunto de regras.


Departamentalização:


• Área geográfica
• Clientes
•Contigência ambiental
• Função
• Número
• Processo
• Produto
• Tempo
• Matricial


Doenças:


• Falta de formalização das estruturas
• Falta e excesso de delegação de autoridade
• Subordinação múltipla
• Excesso de assessores
• Conjugação inadequada de atividades
• Amplitude de supervisão exagerada
• Nível hierárquico e chefes em demasia
• Excesso de organizaçãoFuncionograma – Alia o organograma, que demonstra a estrutura de órgãos da empresa, com suas respectivas funções.


Reengenharia


A reengenharia para Stair e Reynolds (2002) é vista como “redesenho de processos, envolve a readequação dos processos empresariais, estruturas organizacionais, sistemas de informação e valores da organização objetivando uma guinada nos...
tracking img