Aps- estrutura organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2301 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE TECNOLOGIA IPIRANGA
Ms. Aline Correia de Sousa
Print I e Metodologia

Bianca Barbosa da Costa
Daniel Fernando Santos
Jéssica Regina Gomes
Juliana de Moraes Lacerda
Vinícius Neves

Marketing Cultural

São Paulo, 2012

FACULDADE DE TECNOLOGIA IPIRANGA
Ms. Aline Correia de Sousa
Print I e Metodologia

Bianca Barbosa da Costa
Daniel Fernando Santos
Jéssica ReginaGomes
Juliana de Moraes Lacerda
Vinícius Neves

Marketing Cultural

Artigo apresentado à professora Aline Correia de Sousa como pré- requisito para aprovação nas disciplinas de PRINT I e Metodologia.

São Paulo, 2012

Agradecemos à orientadora e professora Aline Correia de Sousa que sempre com muita paciência e disposição nos auxiliou na realização desse artigo.
Agradecemos também aosfuncionários do Instituto Itaú Cultural que gentilmente responderam ao Questionário: Fábio Almeida, Isabella Protta, Marcos Miranda, Maria Tereza Ciancaglinie, Rúbia Paião e Vinícius Ramos.

Sumário

Introdução | 4 |
Marketing | |
Marketing Cultural | |
Leis de Incentivo | |
Lei Rouanet | |
Estudo de Caso | |
Considerações Finais | |
Referências | |
Apêndice 1 - Questionário| |

LEI ROUANET

A lei 8.313 criada em 1.991 pelo então ministro da cultura Sérgio Paulo Rouanet, tinha como objetivo criar estratégias para fortalecer a cultura brasileira frente a cultura estrangeira que começa a ficar cada vez mais forte entre o população. Essa lei ficou conhecida como lei Rouanet. Toda e qualquer instituição que queira receber benefícios fiscais do governo, precisaprimeiro que seus projetos sejam aprovados pelo ministério da cultura.
Entre as leis de incentivo que o governo disponibiliza, a lei Rouanet é a mais usada pelas grandes instituições privadas. Embora muitas reclamem que primeiro a empresa faça o investimento, e somente depois o Governo faz o ressarcimento para as instituições. A lei consiste que o Estado arque com no máximo 80% das despesas de umprojeto cultural e que a instituição banque o restante. A parte paga pelas empresas privadas é chamada de contrapartida.
O governo coloca como exigência para que uma empresa usufrua dessa lei, que o projeto seja inteiramente gratuito para a população.
O instituto Itaú Cultural, é o maior captador desse tipo de benefício fiscal que, lança mão dessa lei, para desenvolver seus projetos que contématividades como: exposições, palestras, teatro, shows, mostra de cinema, etc.
Para conseguir financiar a contrapartida junto ao governo, o Instituto dispõe da união de suas empresas financeiras, tais como: Banco Itaú S.A, Banco Itaucard S.A, Cia Itaú de Capitalização, Cia Itaú Securitizadora de Créditos Financeiros, Cia. Itauleasing de Arrecadamento Mercantil, Itaú Corretora de Valores S/A, Itaú Vidae Previdência S.A, Banestado Leasing S.A, Banco FIAT S.A e BFB Leasing S.A. Arrendamento Mercantil.

Estudo de caso

1. O Instituto Itaú Cultural
A produção cultural brasileira hoje deve sua atividade basicamente às leis de incentivo fiscal.
Em busca de mecenato, vêm sendo criadas diversas associações tanto para a efetivação de projetos artísticos-culturais quanto para auxiliar amanutenção de instituições de arte como museus, teatros, cinematecas, entre outras. Logo, pode-se observar um movimento em direção à descentralização do poder público.
Sabe-se da atual transferência de responsabilidade social onde o financiamento a projetos culturais se distancia das políticas públicas ao ser patrocinado pelo setor privado. Essa situação não afasta a presença do Estado, mas altera seupapel para o que tange a renúncia fiscal e recursos públicos. Por exemplo, a devassada política pública quanto apoio a novos faz com que o Instituto Itaú Cultural se insira nesse panorama cumprindo essa função.
Embora o patrocínio cultural realizado pelo Instituto não peque em excelência, trata-se aqui de um viés do marketing de empresas que patrocinam com poder público ações artísticas e...
tracking img