Aprendendo a ler o mundo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2181 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
APRENDENDO A LER O MUNDO: A Geografia nos anos iniciais do Ensino Fundamental
Resenhistas
Bruna Safira Araújo Costa
Francisco de Assis Pinto Bezerra

RESUMO DA OBRA: O estudo discute a possibilidade, e a importância, de se aprender geografia nas séries iniciais do ensino fundamental a partir da leitura do mundo, da vida e do espaço vivido. Aborda o papel da geografia e sua alfabetizaçãocartográfica neste processo. Também colocam em discussão as exigências teóricas e metodológicas da geografia para balizar o processo ensino aprendizagem da criança. Enfim, a autora busca refletir sobre o papel da geografia no processo de alfabetização, cujo questionamento central é: Qual é o lugar da geografia nas séries iniciais?

1. FONTE RESENHADA
CALLAI, Helena Copetti. Aprendendo a ler omundo: A geografia nos anos iniciais do ensino fundamental. Cad. Cedes, Campinas, vol. 25, n. 66, p. 227-247, maio/ago. 2005. Disponível em: Disponível em http://www.cedes.unicamp.br.

Palavras chave: Geografia. Ensino. Aprendizagem. Séries iniciais e espaço.

2. APRESENTAÇÃO DA AUTORA
Callai é Doutora em geografia e professora do Departamento de Ciências Sociais e do Programa dePós-Graduação em Educação nas Ciências (mestrado) da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ). E-mail: jcallai@unijui.tche.br

3. PERSPECTIVA TEÓRICA DA OBRA
São de duas ordens as perspectivas teóricas. A primeira é a geografia, que considera que o espaço como sendo um fenômeno socialmente construído pelo trabalho e pelas formas de vida dos homens e, outra, é Pedagógica,que concebe a aprendizagem como um fenômeno social e acontece na interlocução e interação dos sujeitos, sejam no mesmo ou em espaço distinto. Ou seja: A autora desenvolve a sua obra sob dois ângulos: A educação e a Geografia.

4. ORGANIZAÇÃO DA OBRA
O trabalho da autora é detalhado no que diz respeito ao aprendizado da leitura de mundo, cujo conteúdo se fragmenta na seguinte seqüência: PanoramaGeral; O pedagógico e/na geografia; Alfabetização e alfabetização espacial; Como ler o mundo da vida? O olhar espacial; A leitura da paisagem; Escala de análise; O estudo do lugar; Os conceitos; As habilidades; A cultura; e, por último, A cartografia na leitura do espaço, além das Referencias.

5. PRINCIPAIS POSIÇÕES DA AUTORA
Ao considerar que a educação no Brasil passa por mudanças e, naesteira, também a geografia, abrindo precedentes para se fazer uma releitura do papel da geografia no ensino fundamental, Callai (2005) argumenta que a leitura do mundo é fundamental para que todos nós - que vivemos em sociedade - possamos exercitar nossa cidadania.
A autora parte do principio de que a leitura do o mundo da vida pode ser feita através da leitura do espaço, visto que este traz erepresenta as marcas da vida dos homens. Porém, Callai (2005) chama atenção de que ler o mundo não se traduz apenas na leitura de Mapas, embora as representações cartográficas reflitam as realidades territoriais – mesmo de maneira distorcida – mas, sim, é construída no dia a dia, resultado das utopias das pessoas, como também dos limites impostos, seja pela natureza ou pela própria sociedade.Para Callai (2005) o papel da geografia no processo de ensino na educação fundamental se constitui na adoção de condições pedagógicas, teóricas, metodológicas, entre outras, para que o alunado possa desenvolver e fazer a leitura do mundo da vida, a partir da leitura do espaço; cuja compreensão das paisagens possa se traduzir na percepção de que a dinâmica do espaço nada mais é do que resultado davida em sociedade e da inter-relação dos homens na busca de satisfazer suas necessidades.
Callai (2005) tem a visão de que a leitura do espaço se inicia desde cedo, quando um indivíduo ainda é criança, visto esta se desenvolve e vive em espaços, conhecendo e aprendendo lugares, assimilando e identificando paisagens. Todavia, a autora frisa que, para isso, é necessário instituir a cultura da...
tracking img