Apostila c

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6346 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
* 2 C/C++ Biblioteca padrão * 2.1 STDIO.H, CSTDIO (Input/output) * 2.2 STDLIB.H, CSTDLIB (funções variadas) * 2.3 STRING.H, CSTRING (funções para char*) * 2.4 CTYPE.H, CCTYPE (Tipos de caractere) * 2.5 MATH.H, CMATH (Floating point math) * 2.6 TIME.H, CTIME (Tempo) * 2.7 ASSERT.H, CASSERT (Auxiliar de depuração) * 2.8 NEW.H, NEW (Assintente para falta dememória) * 2.9 IOSTREAM.H, IOSTREAM (Substitui stdio.h) * 2.10 FSTREAM.H, FSTREAM (Leitura/gravação de arquivos, funciona como cin cout) * 2.11 IOMANIP.H, IOMANIP (Foramatação da saída) * 2.12 STRING (Cadeia de caracteres de tamanho variado) * 2.13 VECTOR (Array/pilha de tamanho variável com alocação de memória) * 2.14 PRINT A VECTOR * 2.15 DEQUE(array/pilha/fila) * 2.16 UTILITY (Pair) * 2.17 MAP (array associativa) * 2.18 ALGORITHM (Coleção de 60 algoritmos que atuam sobre iteradores) * 2.19 SET |
Linguagem C++
Preprocessador
// comentário até o final da linha
/* comentário de várias linhas */
#include <stdio.h> // insere o arquivo cabeçalho padrão#include "myfile.h" // insere arquivo do diretório corrente
#define X some text // substitui X por "some text"
#define F(a,b) a+b // substitui F(1,2) com 1+2
#define X \
some text // continução de linha
#undef X // remove definição
#if defined(X)// compilação condicional (#ifdef X)
#else // opcional (#ifndef X ou #if !defined(X))
#endif // necessário após #if, #ifdef
Literais
255, 0377, 0xff // inteiros (decimal, octal, hex) (int)
2147483647L, 0x7fffffffl // inteiros de (32-bit) (long)
123.0,1.23e2 // números do tipo double (real)
'a', '\141', '\x61' // caracter (literal, octal, hex) (char)
'\n', '\\', '\' ', '\"' // nova linha, barra invertida, aspas, aspas dupla
"string\n" // série de caracteres terminando com nova linha e \0
"hello" "world" // conecta as strings(série decaracteres)
true, false // constantes boleanas 1 e 0
Declarações
int x; // declara x como inteiro com valor indefinido
int x=255; // declara e inicializa x para 255
short s; long l; // inteiros usuais de 16 ou 32 bits
char c='a'; //normalmente caracter de 8 bits
unsigned char u=255; signed char s=-1; // char pode ou não possuir sinal
unsigned long x=0xffffffffL; // short, int, long possuem sinal
float f; double d; // número real de precisão simples ou dupla (nunca sem sinal)
bool b=true; // verdadeiro ou falso, pode-se usar int (1 or0)
int a, b, c; // declarações múltiplas
int a[10]; // array(série) de 10 inteiros (a[0] até a[9])
int a[]={0,1,2}; // inicializa array(série) (ou a[3]={0,1,2}; )
int a[2][3]={{1,2,3},{4,5,6}}; // array de arrays de inteiros
char s[]="hello"; // string (6 elementosincluindo '\0')
int* p; // p é um ponteiro de um inteiro (Endereço de memória)
char* s="hello"; // s aponta para um array sem nome contendo "hello"
void* p=NULL; // endereço de memória que representa vazio (NULL é 0)
int& r=x; // r é a referência (sinônimo) de int x...
tracking img