Apostila - linguagem assembly

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2983 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Programação em Linguagem Assembly
Introdução
Exemplo de como se escreve um programa
Directivas de controle
4.1 define
4.2 include
4.3 constant
4.4 variable
4.5 set
4.6 equ
4.7 org
4.8 end
Instruções condicionais
4.9 if
4.10 else
4.11 endif
4.12 while
4.13 endw
4.14 ifdef
4.15 ifndef
Directivas de dados
4.16 cblock
4.17 endc
4.18 db4.19 de
4.20 dt
Configurando uma directiva
4.21 _CONFIG
4.22 Processor
Operadores aritméticos de assembler
Ficheiros criados ao compilar um programa
Macros

Introdução

A capacidade de comunicar é da maior importância nesta área. Contudo, isso só é possível se ambas as partes usarem a mesma linguagem, ou seja, se seguirem as mesmas regras para comunicarem. Isto mesmo se aplica àcomunicação entre os microcontroladores e o homem. A linguagem que o microcontrolador e o homem usam para comunicar entre si é designada por “linguagem assembly”. O próprio título não tem um significado profundo, trata-se de apenas um nome como por exemplo inglês ou francês. Mais precisamente, “linguagem assembly” é apenas uma solução transitória. Os programas escritos em linguagem assembly devemser traduzidos para uma “linguagem de zeros e uns” de modo a que um microcontrolador a possa receber. “Linguagem assembly” e “assembler” são coisas diferentes. A primeira, representa um conjunto de regras usadas para escrever um programa para um microcontrolador e a outra, é um programa que corre num computador pessoal que traduz a linguagem assembly para uma linguagem de zeros e uns. Um programaescrito em “zeros” e “uns” diz-se que está escrito em “linguagem máquina”.


O processo de comunicação entre o homem e o microcontrolador

Fisicamente, “Programa” representa um ficheiro num disco de computador (ou na memória se estivermos a ler de um microcontrolador) e é escrito de acordo com as regras do assembly ou qualquer outra linguagem de programação de microcontroladores. O homem podeentender a linguagem assembly já que ela é constituída por símbolos alfabéticos e palavras. Ao escrever um programa, certas regras devem ser seguidas para alcançar o efeito desejado. Um Tradutor interpreta cada instrução escrita em linguagem assembly como uma série de zeros e uns com significado para a lógica interna do microcontrolador.
Consideremos, por exemplo, a instrução “RETURN” que ummicrocontrolador utiliza para regressar de um subprograma.
Quando o assembler a traduz, nós obtemos uma série de uns e zeros correspondentes a 14 bits que o microcontrolador sabe como interpretar.

Exemplo: RETURN 00 0000 0000 1000

Analogamente ao exemplo anterior, cada instrução assembly é interpretada na série de zeros e uns correspondente.
O resultado desta tradução da linguagem assembly, édesignado por um ficheiro de “execução”. Muitas vezes encontramos o nome de ficheiro “HEX”. Este nome provém de uma representação hexadecimal desse ficheiro, bem como o sufixo “hex" no título, por exemplo “correr.hex". Uma vez produzido, o ficheiro de execução é inserido no microcontrolador através de um programador.

Um programa em Linguagem Assembly é escrito por intermédio de um processadorde texto (editor) e é capaz de produzir um ficheiro ASCII no disco de um computador ou em ambientes próprios como o MPLAB – que vai ser explicado no próximo capítulo.
Linguagem Assembly

Os elementos básicos da linguagem assembly são:

• Labels (rótulos)
• Instruções
• Operandos
• Directivas
• Comentários

Um Label (rótulo) é uma designação textual (geralmente de fácil leitura) de umalinha num programa ou de uma secção de um programa para onde um microcontrolador deve saltar ou, ainda, o início de um conjunto de linhas de um programa. Também pode ser usado para executar uma ramificação de um programa (tal como Goto....), o programa pode ainda conter uma condição que deve ser satisfeita, para que uma instrução Goto seja executada. É importante que um rótulo (label) seja...
tracking img