Apostila - gêneros textuais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 58 (14311 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 27 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Os Gêneros Textuais


→origem;
→definição de gêneros textuais;
→importância desses gêneros na escola.

Segundo Marcuschi (2002, p.19) “os gêneros textuais são fenômenos históricos, profundamente vinculados à vida cultural e social”. Isso quer dizer que os gêneros fazem parte de nossas vidas. Assim, à medida que o homem transforma seu meio, consequentemente interfere nos gêneros textuais.Como exemplo, faremos uma breve observação histórica dos gêneros: Em um primeiro momento, temos povos de cultura essencialmente oral, nota-se nesse período, um número limitado de gêneros. Em um segundo momento, surge à escrita e com ela multiplica-se os gêneros, referente a esse estilo. Num terceiro momento, após o século XV, os gêneros crescem mais ainda com o surgimento da cultura impressa, nafase intermediária de industrialização iniciada no século XVIII, dar início a uma grande ampliação.
Nessa breve exposição dos gêneros no tempo, notamos que eles estão ligados à transformação da sociedade, e, agora, nos deparamos com uma explosão dos gêneros em nossa cultura. Estamos inseridos na denominada cultura eletrônica, essa nova modalidade atingiu não só a escrita, mas também a oralidade.É o que diz Marcuschi:
“[...] Surgem emparelhados a necessidades e atividades sociocultural, bem como na relação com inovações tecnológicas, o que é facilmente perceptível ao se considerar a quantidade de gêneros textuais hoje existentes em relação a sociedades anteriores à comunicação escrita.” (2002, p.19)

Dessa maneira, os gêneros surgem, devido à necessidade, e, à proporção que aparecemintegram-se funcionalmente nas culturas em que se desenvolvem. Eles caracterizam-se muito mais por suas funções comunicativas, cognitivas e institucionais do que por suas peculiaridades linguísticas e estruturais. Exemplo: Um artigo de opinião (função), escrito sob a forma de uma receita culinária (forma), o que vai definir o gênero é a função, pois pelos conhecimentos que possuímos, sabemos quenão se trata literalmente de uma receita.
Então, com as inovações tecnológicas, presenciamos o aparecimento de vários gêneros, os quais circulam no nosso dia-a-dia. Como: telefonema, sermão, carta pessoal, carta comercial, romance, bilhete, reportagem jornalística, horóscopo, receita culinária, bula de remédio, lista de compras, cardápio de restaurante, instruções de uso, outdoor, inquéritopolicial, resenha, edital de concurso, piada, conversação espontânea, conferência, carta eletrônica, bate-papo por computador, aulas virtuais, conto, tirinha, anúncio, crônica, cruzadas, charge, testamento, telegrama, caça-palavras, etc. Vale destacar Também, nessa lista enorme, os gêneros circulantes na literatura infanto-juvenil, como: conto popular, conto maravilhoso, fábulas, lenda, poesia, históriasem quadrinhos, etc.
A lista é extensa, quase impossível de delimitar sua quantidade, já houve por parte dos estudiosos em definir o número dos gêneros textuais, no entanto, depararam-se com alguns obstáculos, pois os gêneros são dinâmicos, e também surgem da transmutação de outros gêneros. São inúmeros, e, assim como aparecem, podem desaparecer por isso a dificuldade de uma classificação exata.Para Marcuschi,
“Usamos a expressão gênero textual como uma noção propositalmente vaga para referir os textos materializados que encontramos em nossa vida diária e que apresentam características sócio-comunicativas definidas por conteúdos, propriedades funcionais, estilo e composição característica”. (2002, p.23)

Certamente, o estudo desses gêneros só vem a contribuir para o ensino deleitura e redação, e fazer com que tenhamos um maior entendimento da nossa língua materna, isso significa desenvolver competência na compreensão desses gêneros textuais. A esse respeito, menciona Marcuschi:“Quando dominamos um gênero textual, não dominamos uma forma linguística e sim uma forma de realizar linguisticamente objetivos específicos em situações sociais particulares”. (2002, p. 29)
Logo,...
tracking img