Apostila economia e mercado iv redes unip

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8964 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Unidade IV

Unidade IV
7 DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E ECONOMIA BRASILEIRA 7.1 O desenvolvimento econômico

Primeiro, é preciso destacar, mais uma vez, a diferença entre crescimento econômico e desenvolvimento econômico.
Lembrete Crescimento econômico é a elevação do produto real da economia durante certo período de tempo sem haver mudanças estruturais ou na distribuição de renda, nempreocupações com a sustentabilidade desse crescimento. A ideia de crescimento econômico é recente; antes do surgimento do capitalismo, as sociedades estavam em estágios comparativamente estagnados; eram basicamente agrícolas e variavam pouco ao longo dos anos, com exceção de boas ou más colheitas, guerras e epidemias. O capitalismo e as mudanças tecnológicas, trazendo a acumulação de capital, alteraramde forma radical as estruturas dessas sociedades. Foi graças ao crescimento econômico que os países desenvolvidos alcançaram elevado nível de vida após 1850. Isso lhes permitiu realizar investimentos para, simultaneamente, criar capacidade produtiva e expandir o consumo e conforto da população. No século XX, a produção industrial cresceu entre 30 e 40 vezes e, como a população mundial dobrou, aprodução per capita cresceu entre 15 e 20 vezes. Maiores níveis de bem-estar foram alcançados ao longo desse século, com a utilização de energia elétrica, água encanada e rede de esgotos, o que contribuiu para aumentar a expectativa de vida da população. O crescimento econômico é, então, definido como o aumento contínuo do produto interno bruto em termos globais e per capita, ao longo do tempo; essecritério também implica uma melhor eficiência do sistema produtivo. Alguns defendem que o crescimento é um aumento na produção acompanhado de modificações nas disposições técnicas e institucionais, isto é, mudanças nas estruturas produtivas e na alocação dos insumos pelos diferentes setores da produção.

110

ECONOMIA E MERCADO
Algumas economias crescem a taxas mais elevadas do que outras.Embora seja bastante complexa a definição das causas do crescimento econômico, visto que isso depende das peculiaridades de cada país e de seus processos históricos, existem algumas razões básicas que determinam o crescimento da sociedade: • A acumulação de capital por meio de aumento de máquinas, indústrias, obras de infraestrutura, estradas, energia e melhor preparação de mão de obra. • Adisponibilidade de recursos produtivos (ampliação da mão de obra e outros insumos). • O aumento de produtividade (melhoria na qualidade da mão de obra, melhoria tecnológica e eficiência organizacional na combinação de insumos). • A atitude da sociedade em relação à poupança. • O crescimento da população implica um aumento da força de trabalho e da demanda interna. Na verdade, o crescimento econômico é umelemento fundamental para a geração de uma série de benefícios para a sociedade. Ele se caracteriza como um processo sustentado ao longo do tempo, no qual os níveis de atividade econômica aumentam continuamente. Crescimento econômico, portanto, não deve ser confundido com desenvolvimento econômico, porque os frutos da expansão do produto nem sempre beneficiam a economia geral e o conjunto da população.O crescimento econômico, nesse sentido, nada mais é do que um elemento de um processo mais geral e abrangente: o desenvolvimento econômico, que provoca, ao longo do tempo, mudanças fundamentais em sua organização e instituições. Assim, o desenvolvimento econômico engloba não apenas a expansão do produto real da economia, mas implica também mudanças significativas na estrutura produtiva e social,com melhoria nos indicadores sociais e na distribuição de renda.
Dessa forma, o desenvolvimento econômico constitui um conceito mais qualitativo, que diz respeito às alterações da composição do produto e à alocação dos recursos pelos diferentes setores da economia, de forma a melhorar indicadores relativos à pobreza, ao desemprego, à desigualdade, às condições de saúde, alimentação, educação e...
tracking img